Cuidado! Spoilers de Star Wars: A Ascensão Skywalker.

O Luke Skywalker (Mark Hamill) que aparece para Rey (Daisy Ridley) em Star Wars: A Ascensão Skywalker é totalmente diferente do personagem que vimos em Star Wars: Os Últimos Jedi (2017).

Aparecendo como um fantasma da Força, Luke encontra Rey quando a heroína está em seu ponto mais baixo durante Star Wars: A Ascensão Skywalker.


Depois de enfrentar Kylo Ren (Adam Driver), Rey decide se exilar na ilha de Ahch-To como o seu velho mestre, mas a reaparição de Luke dá à ela as forças que ela precisa para retomar a confiança e enfrentar o Imperador Palpatine (Ian McDiarmid) no ato final de Star Wars: A Ascensão Skywalker.

Porém, é importante ressaltar que a aparição de Luke em Star Wars: A Ascensão Skywalker não é diferente apenas pelo fato de ele ser um fantasma. Diversas características do personagem não condizem com o que foi construído em Os Últimos Jedi, e algumas dessas mudanças tornaram a trajetória do personagem um pouco mais fraca do que o esperado.

Em um artigo, o ScreenRant falou sobre as mudanças sofridas pelo Luke Skywalker de Star Wars: A Ascensão Skywalker.

Por que Luke está diferente?

Há um lado positivo na aparição de Luke em Star Wars: A Ascensão Skywalker. Se em Os Últimos Jedi o personagem se mostrou um homem quebrado, que tem que ser convencido por Yoda (Frank Oz) e Rey para retornar e ajudar à Resistência, aqui ele retorna como um homem otimista e esperançoso.

De certa forma, os papéis de Rey e Luke são invertidos em Star Wars: A Ascensão Skywalker. Em Os Últimos Jedi, é Rey quem tenta de todas as formas tirar Luke de seu exílio, convencendo-o de que ainda há esperança na galáxia. No novo filme, é a desiludida Rey que reencontra a esperança em Skywalker.

Portanto, o Luke de Star Wars: A Ascensão Skywalker, nesse aspecto, parece uma evolução natural do personagem que conhecemos em Os Últimos Jedi, mas existem também alguns aspectos do personagem que não se encaixaram bem nesse novo filme.

Um novo Luke

Em Os Últimos Jedi, fica estabelecido que Luke nunca teve a intenção de deixar a ilha, mas Star Wars: A Ascensão Skywalker muda isso completamente – e isso não faz o menor sentido.

Ao revelar que a antiga nave de Luke, a X-Wing, ainda funciona, Star Wars: A Ascensão Skywalker mostra que o personagem sempre teve formas de sair da ilha. Se ele tinha a intenção de ficar lá para sempre, porque não eliminou qualquer possibilidade de escapar?

Além disso, Star Wars: A Ascensão Skywalker também revela que Luke guardou o antigo sabre de Leia (Carrie Fisher) com bastante carinho. Como o personagem que queria encerrar a história dos Jedi teve o cuidado de guardar um sabre de luz por tanto tempo? Em Os Últimos Jedi, Luke descarta até mesmo seu próprio sabre, tamanho o desprezo que ele tinha por essas tradições.

A explicação para tudo isso é simples. O diretor J.J. Abrams respondeu às críticas dos fãs em relação a Luke, que teve um arco que desagradou muita gente em Os Últimos Jedi. Portanto, esse novo Luke de Star Wars: A Ascensão Skywalker é o que os fãs querem, por mais incoerente que ele seja.

The Mandalorian é a produção mais Star Wars desde o Retorno de Jedi! Veja o que os fãs de Star Wars estão achando da série! Entenda The Mandalorian: O que é o Aço Beskar e o Código do Caçador de Recompensas! Você sabia que a série de Obi-Wan Kenobi irá conectar a trilogia prequels com a trilogia original? Além disso, ela pode dar uma continuação para Han Solo: Uma História Star Wars! Disney+ terá mais séries de Star Wars no futuro! Confira isso e muito mais no Observatório de Séries.

Star Wars: A Ascensão Skywalker está em exibição nos cinemas brasileiros.