ALERTA DE SPOILERS

No início de Marvel’s Avengers: Iron Man #1, os Vingadores estão tendo um momento difícil contra a Legião Letal, com Homem de Ferro e Besouro tendo uma batalha. Tony Stark geralmente tem um tiro certeiro, mas seu traje foi corrompido, deixando sua mira com algo a desejar.

No Vault, Stark finalmente entrevista Fusca, aprisionado, quando ele percebe o estoque de armas que os vilões tentaram roubar poderia ter sido parte de um trabalho interno na base da S.H.I.E.L.D. em Nova York.


A fúria de Stark

Stark fica furioso quando encontra Bruce Banner e Viúva Negra e os acusa de serem espiões que venderam seus próprios dados. Ele está paranoico porque não encontra buracos no sistema em que sua tecnologia possa ter sido roubada até deduzir que é um dos agentes da S.H.I.E.L.D. destinado a vigiar sua pesquisa com Bruce.

Quando Stark o confronta, ele percebe que o agente é o Spymaster e que ele está roubando a tecnologia e vendendo-a no mercado negro. Mas quando espia mais fundo, esse comprador por trás dessa tecnologia é alguém muito familiar: Nick Fury.

O plano de Nick Fury

Stark vai para a casa de Fury, onde o diretor admite que está roubando os dados porque o herói sempre melhora seu arsenal de armas de destruição em massa. Isso permite que Fury mantenha a vantagem sobre os Vingadores. Ele diz que a equipe assusta tanto a si mesmo quanto a seus chefes, e essa é sua apólice de seguro se eles ficarem desonestos.

Embora suas táticas sejam sobre a apropriação de seus equipamentos, também é sobre encontrar falhas em seus jogos e pontos fracos para explorar, semelhante à maneira como Batman mantinha medidas de contingência na Liga da Justiça.

Uma nova Guerra Civil?

Sentindo-se traído por isso, um Stark furioso grita com Fury por colocar as necessidades de SHIELD à frente dos heróis. Fury não gosta do ego de Stark e se pergunta se é onde eles lutarão, mas o Homem de Ferro deixa claro que não está disposto a brigar.

No entanto, ele também diz que nunca deixará de trabalhar com a S.H.I.E.L.D. para um bem maior. Considerando o quão poderosos os Vingadores são, as ações de Fury são compreensíveis, mas ele ainda poderia ter falado com Stark antes de usar sua tecnologia.

Agora que todos mostraram suas cartas e Stark recuperou suas informações, ele e Fury sabem como operar seguindo em frente. Isso coloca todos em uma situação de risco. Resta ver como o resto da equipe reagirá, mas o certo é que isso voltará a afetá-los.