Os Simpsons está celebrando seu aniversário de 30 anos, e mesmo com os personagens não envelhecendo nem um dia, a família mais querida da América com certeza mudou bastante.

Criada por Matt Groening, Os Simpsons era originalmente uma série de curtas animados que fazia parte do Tracy Ullman Show em 1987. Após 3 temporadas de sucesso, Os Simpsons virou a série completa que fãs conhecem e amam.

Os Simpsons exibe atualmente sua 31ª temporada, e mais um ano já foi confirmado. A série já é a produção roteirizada mais duradoura da TV americana, e conseguiu expandir sua influências para filmes, HQs e marcas de produtos.


O site Screen Rant publicou um artigo no qual explica com Os Simpsons mudarem com os 30 anos. Confira os pontos apresentados pelo site abaixo.

As grandes mudanças

O primeiro episódio de Os Simpsons (Simpsons Roasting on a Open Fire) foi exibido em 17 de dezembro de 1989, na Fox. O especial de natal acompanhava a família tentando passar um Natal normal.

Homer descobre que não ganhou seu bônus natalino, Bart exibe uma tatuagem e a família é obrigada a usar todo o dinheiro guardado para os presentes para remover a tattoo.

Precisando de dinheiro, Homer aposta na corrida de cachorros, mas acaba adotando um cãozinho abandonado, o Ajudante de Papai Noel. O episódio ajudou a estabelecer o tipo de humor que Os Simpsons traz à TV.

O primeiro episódio mostrou como Os Simpsons são uma família disfuncional mas também se importam uns com os outros. A série também é conhecida por suas referências à cultura pop, que no início eram elogiadas mas hoje em dia são vistas por desdém por muitos fãs.

Segundo muitos especialistas, a qualidade da série começou a decair por volta da 10ª temporada, na qual o tom das histórias mudou de maneira perceptível.

Por outro lado, a qualidade da animação melhorou a sequência de abertura ganhou mais detalhes interessantes. E embora os personagens não tenham mudado fisicamente, a personalidade se desenvolveu e se consolidou.

Os Simpsons é exibido pela Fox.