Klaus estreou na Netflix recentemente e já vem conquistando o coração dos fãs de animações e filmes para toda a família. Produzido pelo criador de Meu Malvado Favorito, o longa supera as expectativas de muitos assinantes.

O filme não causou tanto impacto por ter sido lançado junto com dois hits da Netflix: História de um Casamento e Esquadrão 6. Porém, Klaus é com certeza uma escolha perfeita para o Natal.

Dificuldades na produção

Klaus demorou para encontrar na Netflix seu lar. O projeto correu por várias produtoras por 8 meses até ganhar um contrato completo com a plataforma.


“Eu acho que o aspecto natalino é uma das melhores partes do filme, mas aparentemente os estúdios preferem não competir em um cenário de fim de ano tão concorrido. Ainda bem que a Netflix pensa de maneira diferente”, afirmou o roteirista e diretor Sergio Pablos.

Klaus

Klaus é uma história de origem diferente para a lenda do Papai Noel. O filme foca em Jesper, um privilegiado estudante da academia postal.

Para ensiná-lo uma lição, o pai de Jesper dá um ultimato: o filho deve ficar isolado na ilha de Smeerensburg e entregar 6 mil cartas em um ano. Se não atingir a marca, ele perde sua herança.

O problema é que a cidade é mais interessante na rivalidade entre as famílias Ellingboes e Krums do que na troca de cartas.

Quase perdendo a esperança, Jesper conhece o carpinteiro Klaus, que vive em uma cabana isolada repleta de brinquedos.

Uma obra importante

O tom de Klaus é repleto de esperança e magia, contando também com vários elementos festivos e cenas emocionantes. A amizade de Jesper e Klaus se forma no coração do filme, e serve como uma das principais bases narrativas do longa.

Muitos dizem que a verdadeira estrela de Klaus é a pequena Margu, uma garotinha adorável que apenas quer um presente de Natal.

Cheio de emoção do início ao fim, repleto de belos visuais e cenas tocantes, Klaus é a escolha perfeita para qualquer família no fim de ano.

Klaus está disponível na Netflix.