Revelado por que personagem clássico do Batman teve que morrer na DC

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cuidado! Spoilers de Batman #85.

Depois de três anos, a série em quadrinhos do Batman escrita por Tom King chegou ao fim.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista para a Entertainment Weekly, o escritor Tom King falou sobre o momento mais chocante de sua história: A morte de Alfred.

“É um momento para mostrar, no fim de uma longa história, a maturidade de Bruce. Bruce é obviamente definido pela morte de seus pais e sua reação a ela é o que faz com que ele se torne o Batman e faça essas coisas insanas, que é se vestir em couro e bater na cara de pessoas todos os dias. Mas essa insanidade é o que salvou o mundo. Então, agora ele tem a morte do seu verdadeiro pai, Alfred, e essa reação não é a mesma. É isso que me interessou. Pra mim, mostrou o quão bem Alfred o criou”, disse King.

Um Batman mais maduro

Alfred foi assassinado pelo vilão Bane, que tinha a intenção de quebrar o psicológico do Batman para sempre.

Ao final de Batman #85, Bruce Wayne fica de luto pela morte de Alfred ao lado da Mulher-Gato. Esse momento mostra o amadurecimento do Batman, que aprende a conviver com a morte.

Batman #85 foi escrita por Tom King e Mikel Janin.

Batman #85 está disponível nos EUA.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio