O primeiro trailer completo do próximo filme de Christopher Nolan, Tenet, foi lançado recentemente e parece ser outro sucesso do sempre versátil diretor. No verdadeiro estilo de Nolan, o enredo do filme ainda é bastante incerto neste trailer (embora seus imensos valores de produção certamente não sejam), mas é seguro dizer que o filme é uma abordagem de alto conceito do suspense de espionagem, e um com um elemento de ficção científica muito atraente: viagem no tempo.

Podemos ver no trailer (mais evidentemente em uma sequência visceral que mostra um acidente de carro ao contrário), que a arte da assinatura de Nolan será usada para dar uma nova cara para cenas familiares de filmes de ação, o que, obviamente, soa particularmente semelhante ao filme de 2010, A Origem, um clássico contemporâneo de Christopher Nolan.

Sim, as teorias dos fãs surgiram no começo do ano (quando o teaser foi lançado) de que Tenet poderia ser uma sequência de A Origem, e este novo trailer está apenas divulgando rumores de que esse pode ser o caso. O filme tem uma aparência muito semelhante a esse filme, bem como um conceito semelhante.


A Origem imaginava um mundo onde as pessoas pudessem transportar sua consciência para os sonhos de outras pessoas, onde literalmente poderiam roubar suas idéias, enquanto Tenet parece ocorrer em um mundo onde a humanidade pode reverter o tempo (e ambos também apresentam caras em trajes e roupas muito elegantes). Seria possível, então, que essas duas tecnologias absurdas pudessem existir na mesma realidade?

A possibilidade existe?

Bem, antes de nos anteciparmos muito aqui, é importante considerar o cineasta em questão. Sim, podemos dizer que A Origem e Tenet já se parecem muito, mas todos os filmes de Nolan carregam sua estética singular, e até agora ele não demonstrou interesse em fazer filmes que acontecem em um mesmo universo.

Sim, havia a trilogia de O Cavaleiro das Trevas, mas mesmo com essa saga, ele optou por fechar a porta após três filmes, em vez de se expandir da mesma maneira que o MCU.

Além disso, não há sugestões claras nas filmagens divulgadas de que Tenet poderia ser uma sequência de A Origem.

Ainda assim, o potencial permanece! As regras tradicionais de tempo e realidade claramente não existem aqui, e talvez a viagem no tempo de Tenet possa ter um vínculo direto com a tecnologia de hackers dos sonhos de A Origem.

Talvez a tecnologia tenha evoluído para um nível neste mundo em que a teoria e os efeitos dos sonhos possam ser aplicados em nossa realidade. Além disso, Michael Caine, colaborador frequente de Nolan, é o único membro confirmado do elenco de A Origem aqui, e é possível lembrar que, no filme anterior, ele interpretou um professor universitário com profundo conhecimento da tecnologia do mundo.

Ele poderia ser o elo entre os dois filmes?

É tudo especulação neste momento, e se os filmes tiverem uma conexão, pode muito bem ser sutil ou mesmo ambígua. Seja qual for o caso, Tenet se parece muito com um filme de Christopher Nolan, e deve apelar particularmente para aqueles que queriam vê-lo fazer outro suspense de ficção científica de alta octanagem desde A Origem.

Nolan também provavelmente ficará calado sobre o assunto até o seu lançamento, mas talvez possamos esperar uma campanha viral semelhante à que ele usou nos últimos dois filmes de O Cavaleiro das Trevas. Nesse caso, você pode esperar que o Reddit exploda com as teorias dos fãs nos próximos meses.

Tenet, de Christopher Nolan, chegará aos cinemas em 16 de julho.