Viúva Negra, filme solo da heroína de Scarlett Johansson, vai explorar o passado da personagem e sua origem, mas também há a chance de o filme ligar os pontos em direção ao futuro e explicar porque a Viúva Negra se esforçou tanto para manter os Vingadores unidos.

No novo filme, a Viúva Negra vai reencontrar sua “antiga família” para resolver os problemas do passado. Ao lado do Guardião Vermelho (David Harbour) e de suas antigas companheiras da Sala Vermelha, Yelena (Florence Pugh) e Melina (RacheL Weisz), a heroína vai resolver seus problemas do passado para poder olhar de novo para o futuro.

Nós sabemos qual é o futuro da Viúva Negra e onde sua jornada termina, mas existem pontos de sua trajetória que ainda são um mistério. Como ela se reencontrou com Steve Rogers (Chris Evans) antes de Vingadores: Guerra Infinita (2017)?


O ScreenRant escreveu uma teoria sobre Viúva Negra, que pode revelar como – e porque – a heroína se juntou aos Vingadores novamente.

Família

Viúva Negra vai se passar no período em que Natasha Romanoff se torna a “mulher mais procurada do planeta”, depois de romper o Acordo de Sokovia. A heroína estará sozinha no novo filme, o que significa que algo importante acontece até o momento em que ela reencontra Steve Rogers.

Por isso, é bem provável que Viúva Negra mostre não só o passado da Viúva Negra, mas também esclareça de uma vez por todas o motivo pelo qual ela considera os Vingadores sua verdadeira família.

Os eventos de Viúva Negra devem mostrar para Natasha de uma vez por todas que ela não pode – e não deve – ficar sozinha. Com isso, o filme colocará a heroína no lugar de liderança que ela exerce em Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato.

Os Vingadores são a família da Viúva Negra, e o reencontro com o passado apenas vai mostrar para Natasha quem ela é de verdade mais uma vez.

Viúva Negra chega aos cinemas brasileiros no dia 30 de abril de 2020.