Cuidado! Spoilers da 1ª temporada de The Witcher.

The Witcher, nova série da Netflix, é uma série de fantasia que não é nem um pouco indicada para menores de idade.

Com cenas violentas e conteúdo sexual, The Witcher mostra a jornada de Geralt (Henry Cavill), um caçador de monstros que possui habilidades mágicas. Vivendo no mundo chamado Continente, Geralt enfrenta tanto pobres quanto ricos em sua jornada para a sobrevivência.


Em um artigo, o ScreenRant falou sobre todo o conteúdo violento de The Witcher.

O quão violenta é The Witcher?

Em The Witcher, diversos personagens são esfaqueados, desmembrados e decapitados, sejam eles monstros ou humanos. Há uma cena de cirurgia extremamente gráfica em que um personagem passa pelos procedimentos enquanto está acordado, com detalhes gráficos e exibição de órgãos internos sendo removidos.

Em outra cena de The Witcher, um bebê é assassinado e seu corpo é exibido. Além disso, a série tem diversas cenas de terror, já que Geralt enfrenta monstros bem terríveis.

Cenas de suicídio

The Witcher tem diversas cenas de suicido e elas podem acabar sendo sensíveis para alguns fãs. Diversos personagens tentam se matar das formas mais violentas possíveis, e todas as cenas são extremamente gráficas, mesmo as que não exibem violência tão explicita – como a que um personagem tenta se matar bebendo veneno.

Sexo e linguagem imprópria

Os fãs dos jogos e livros de The Witcher certamente não ficarão surpresos ao saber que a série também tem cenas de sexo bem gráficas – e muitas cenas de nudez. Também existem referências a atos como estupro e incesto.

Ou seja, The Witcher é definitivamente uma série voltada para o público adulto. Tire as crianças da sala.

A 1ª temporada de The Witcher, com Henry Cavill, está disponível na Netflix.