Atenção! Contém spoilers de The Witcher

Yennefer de Vengerberg é uma das personagens mais importantes de The Witcher, com uma história de origem fica em poderes e detalhes interessantíssimos. A poderosa feiticeira é ligada ao destino de Geralt, e protagoniza algumas das melhores cenas da série.

O site Screen Rant explicou tudo sobre os poderes de Yennefer e seu visual original. Confira abaixo!


A Origem de Yennefer

Yennefer teve uma infância difícil após nascer com terríveis deformidades físicas em uma família que não entendia suas limitações. O pai da personagem logo culpou sua mãe pelos defeitos do bebê. De acordo com The Tower of the Swallow, a personagem é parte Elfo. Na série da Netflix, a linhagem élfica da personagem vem de seu pai, mas nos livros a diferença se origina com sua mãe.

A personagem eventualmente desperta suas habilidades mágicas após ser ridicularizada e humilhada por camponeses. Ela se teletransporta sem querer e encontra é descoberta por Tissaia e Vries, uma sacerdotisa de Aretuza, uma escola que treina jovens mulheres nas artes da magia. É lá que ela começa seu treinamento como feiticeira.

Os Poderes de Yennefer

Assim como todos os magos de The Witcher, a fonte dos poderes de Yennefer é o caos. Ela aprende a controlar as habilidades e se torna uma das sacerdotisas mais poderosas do mundo, possuindo uma persistência incrível para alcançar seus objetivos.

Mesmo que seu tempo em Aretuza tenha sido marcado pela luta pelo controle de seus poderes, a personagem também mostra um potencial ilimitado para a adaptação de tipos mais complicados de magia. Istredd, por exemplo, fica chocado quando Yennefer consegue conjurar um portal em sua primeira sessão de treinamento.

O alcance do poder de Yennefer é explicado por seu sangue élfico. No mundo de The Witcher, os Elfos basicamente criaram a magia, ensinando as artes obscuras para humanidade.

O Visual de Yennefer

A aparência de Yennefer apresenta uma progressão impressionante em The Witcher. A personagem nasceu com uma corcunda e o maxilar deformado. Em Aretuza, ela tenta se suicidar e desenvolve horríveis cicatrizes nos pulsos.

Depois, ela aparece sem nenhuma deformidade. O motivo é simples: Yennefer se envolveu em um ritual no qual usou a imagem idealizada da mulher mais poderosa do mundo para transformar sua aparência, algo comum para uma sacerdotisa.

O novo look não vem de graça. A personagem passa pelo processo sem a utilização de ervas sedativas, o que significa que ela sentiu todas as dores e suplícios do ritual, que incluí a remoção mágica do útero e a utilização de chamas internas para a modificação.

A personagem retém no final algumas de suas características mais icônicas: o cabelo preto e os olhos violeta.

The Witcher está disponível na Netflix.