Cuidado! Spoilers de Star Wars: A Ascensão Skywalker.

Star Wars: A Ascensão Skywalker trouxe de volta o Imperador Palpatine (Ian McDiarmid), grande vilão de toda a franquia, mas muita gente ficou confusa com o retorno do personagem.

Morto em O Retorno de Jedi (1983) pelas mãos de Darth Vader, Palpatine retorna em Star Wars: A Ascensão Skywalker, mas o próprio filme coloca muitos mistérios em torno de sua sobrevivência.


Grande mente por traz do Lado Negro da Força, Palpatine não só manipula Anakin Skywalker para o Lado Negro da Força, mas também é o grande responsável por trazer o jovem Kylo Ren (Adam Driver) para as sombras, como revelado em Star Wars: A Ascensão Skywalker.

Mas como Palpatine de fato retornou? O ScreenRant explicou o grande mistério de Star Wars: A Ascensão Skywalker em um artigo.

O que A Ascensão Skywalker explica

Infelizmente, Star Wars: A Ascensão Skywalker revela pouca coisa sobre o retorno de Palpatine. Os créditos de abertura anunciam que o retorno de Palpatine já é conhecido pela galáxia, ou seja, toda a trama do filme gira em torno da Resistência e da Primeira Ordem tentando encontra-lo.

Em nenhum momento Star Wars: A Ascensão Skywalker revela como Palpatine sobreviveu a sua queda na Estrela da Morte. A revelação entregue é a de que Palpatine criou Snoke (Andy Serkis), o mestre de Kylo Ren, manipulando o jovem Ben Solo e levando-o ao Lado Negro da Força.

Como ele voltou?

O retorno de Palpatine em Star Wars: A Ascensão Skywalker pode ser explicado de diversas formas dentro do cânone de Star Wars.

Em A Vingança dos Sith (2005), Palpatine conta para Anakin a história de Darth Plagueis, um Lorde Sith que tinha o poder de “enganar a morte”. Sempre fui sugerido que Palpatine era aprendiz de Plagueis, ou seja, é possível que ele tenha aprendido esse poder com o seu mestre.

Clonagem é algo que existe dentro do universo Star Wars, portanto, é bem possível que ela também tenha algo a ver com o retorno de Palpatine. Star Wars: A Ascensão Skywalker sugere que Snoke era um dos clones criados por Palpatine, portanto, é possível que ele tenha transferido sua consciência para um clone de si mesmo.

Por último, há o Mundo Entre Mundos, conceito estabelecido na animação Star Wars: Rebels, onde o protagonista Erza descobre uma realidade que conecta mundos dentro da Força, dando acesso a outras eras no tempo. É revelado que Palpatine conhece o Mundo Entre Mundos, ou seja, é possível que ele tenha se escondido por lá depois de O Retorno de Jedi, preparando aos poucos o terreno para o seu retorno.

O plano de Palpatine

No fim, o plano de Palpatine era fazer com que os Sith continuassem existindo, de qualquer forma possível. Star Wars: A Ascensão Skywalker revela que Palpatine construiu uma grande armada durante décadas, esperando o momento certo para usa-la e restaurar o Império Galáctico.

Rey, que é revelada como neta de Palpatine, fazia parte do plano. O Imperador queria que ela o matasse, assumisse seu lugar e se transformasse na personificação de todos os Sith que já existiram. Quando ela se recusa, o vilão absorve a energia da Jedi e de Ben Solo, restaurando seus poderes. No fim, tudo o que Palpatine queria era o retorno dos Sith.

Palpatine sobreviveu?

Star Wars: A Ascensão Skywalker termina com Palpatine morto pelos seus próprios raios, que são refletidos por Rey. Sua morte parece bem definitiva desta vez, mas a de O Retorno de Jedi também parecia, então tudo é possível.

Se a Disney quiser, é possível ressuscitar Palpatine novamente no futuro – a repetição de ideias é bem preguiçosa, mas nunca se sabe. Por enquanto, o que sabemos é que Palpatine de fato morreu em Star Wars: A Ascensão Skywalker.

Star Wars: A Ascensão Skywalker está em exibição nos cinemas brasileiros.