No dia 31 de dezembro de 2019, completaram-se 10 anos do dia em que a Disney anunciou a compra da Marvel.

Essa negociação mudou para sempre a história do cinema. Com a compra, a Disney alterou a forma como a Marvel fazia cinema, iniciando uma nova era da franquia que perdura até hoje e parece estar cada dia mais forte.

A Marvel produziu filmes antes – os fracassados Demolidor e Motoqueiro Fantasma estão na lista – mas foi só com a entrada da Disney em 2009 que o estúdio foi alçado ao posto de franquia mais lucrativa da atualidade.


O ScreenRant falou sobre a compra da Marvel por parte da Disney.

A transação que mudou tudo

No dia 31 de dezembro de 2009, a Disney comprou a Marvel por US$ 4,24 bilhões. Logo depois disso, foram criadas duas divisões de conteúdo para a Marvel, uma divisão cinematográfica e outra televisiva.

O MCU como conhecemos já existia nessa época – ele começou em Homem de Ferro (2008) – mas foi com a chegada da Disney que o MCU chegou ao patamar que tem hoje.

A partir de Os Vingadores (2012), primeiro filme da Marvel distribuído pela Disney, tudo mudou.

A franquia se tornou cada vez mais bem-sucedida. Personagens menores como os Guardiões da Galáxia, por exemplo, passaram a ser explorados. Séries de TV como Demolidor, Agents of SHIELD e Jessica Jones também surgiram, e apesar de estarem desconectadas (de certa forma) do MCU, acabaram sendo um grande sucesso.

Agora, a parceria com a Disney ainda trará o Disney+, serviço de streaming que terá séries originais da Marvel – estas legitimamente ligadas ao MCU.

Foi com a compra da Marvel por parte da Disney que a franquia ganhou uma nova escala, estabelecendo um projeto longevo, que conecta filmes, séries e outros produtos a uma grande história, que foi – e está sendo contada – ao longo de várias décadas.

Com outras franquias bem-sucedidas sob sua tutela (como Star Wars e Pixar) a Disney hoje domina o mercado do entretenimento, mas ainda assim, a Marvel é de longe o carro chefe do estúdio nos cinemas. Com 10 anos passados, tudo indica que essa parceria continuará rendendo fruto pelos 10 anos seguintes.