Filme com Angelina Jolie, Os Eternos é a chave para o futuro do MCU

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De todos os filmes da Fase 4 da Marvel, Os Eternos é um dos mais misteriosos. O longa vai acompanhar a história de um grupo de entes cósmicos poderosíssimos. Os história do filme será ambientada em várias eras diferentes da humanidade, dos tempos da antiga Babilônia à contemporaneidade.

De acordo com uma matéria publicada pelo site Screen Rant, o filme mostrará os Eternos como os fundadores da China antiga.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Confira a teoria apresentada pelo Screen Rant abaixo!

Babilônia

Nas HQs da Marvel, vários dos Eternos são tradicionalmente ligados ao Império Babilônico.

Situada onde hoje é o Iraque, a Babilônica foi fundada há mais de 4 mil anos atrás. A cidade se tornou um império e floresceu sobre o comando de reis como Hammurabi.

Mesmo não tendo durado tanto tempo como outros impérios da antiguidade, Babilônia é considerada por muitos historiadores como um estágio importantíssimo no desenvolvimento da cultura da humanidade.

Na Marvel, Hammurabi é o Eterno Gilgamesh, que havia esquecido de sua identidade. Com isso, Babilônia se tornou o centro de um confronto importante entre os Eternos e os Deviantes.

Ajak liderou as forças dos Eternos e Thena teve sua lealdade dividida ao se apaixonar pelo líder Deviante Kro.

China

O pôster mais recente de Os Eternos pode estar ligado intimamente à fundação da China. O filme pode estabelecer que o império do oriente foi fundado por retirantes da caída Babilônia.

Na imagem, os Eternos são vistos voando sobre uma área que parece corresponder às Montanhas de Kunlun. Além disso, um sol vermelho aparece na imagem.

A conexão pode explicar também porque os 4 Eternos específicos foram escolhidos na nova imagem.

Chave para o futuro

A China é atualmente um dos territórios mais importantes para os filmes de super-heróis, correspondendo a 12% dos lucros totais dos Estúdios Marvel. Na nova fase do MCU, a empresa tem tudo para favorecer histórias que conquistem cada vez mais o público chinês.

Não é coincidência que a cineasta Chloe Zhao tenha sido escolhida para comandar Os Eternos. No futuro do MCU, ainda mais histórias devem ser ambientadas em países orientais.

Do Punho de Ferro a Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis, a Marvel tem inúmeras opções para explorar a mistura das histórias ocidentais de super-heróis com as lendas da mitologia chinesa e tramas que conquistam o mercado do país.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio