A Disney esperou 6 anos, mas finalmente entregou aos fãs a esperada continuação de Frozen: Uma Aventura Congelante, um dos maiores sucessos de sua História.

Agora, é hora de comparar Frozen 2 com o primeiro filme e definir qual dos dois é o melhor em relação de alguns pontos.

Confira abaixo.


História – Frozen 1

Sequências sempre são mais difíceis do que original. Justamente por isso, Frozen 2 falha em trazer um roteiro que seja tão inovador ou estimulante quanto o original, deixando os coadjuvantes de lado (e também Anna) enquanto se concentra apenas na jornada de Elsa. No primeiro, era tudo mais equilibrado e inesperado.

Mitologia – Frozen 2

Por mais que falhe em trazer uma história estimulante, Frozen 2 consegue trazer elementos fascinantes para o universo da Disney. O primeiro se contentava em explorar os poderes de gelo de Elsa, assim como os trolls da floresta, enquanto a continuação explora os espíritos da floresta e muitos segredos sobre o passado de Arendelle.

Animação – Frozen 2

Essa é uma vitória óbvia para a continuação. Por mais que Frozen tenha envelhecido muito nem após seus 6 anos de estreia, o que a equipe de animadores faz em 2019 é impressionante: o visual de Frozen 2 é cinematográfico, cheio de detalhes e renderizações que mostram o quão longe a computação gráfica pode chegar com produções do gênero.

Personagens – Frozen 1

O primeiro Frozen, claro, é aquele que nos introduz a todos os personagens que adoramos em Frozen 2. Traz o melhor trabalho com arcos e desenvolvimento, algo que a continuação infelizmente não é capaz de oferecer com tanta elegância. Além da carência de arcos envolventes, o novo filme quase não apresenta novos personagens – com o melhor destaque ficando para uma salamandra fofinha, o espírito do fogo.

Músicas – Frozen 1

O grande acerto de Frozen 2 está em sua trilha sonora, que realmente não deixa a desejar. Idina Menzel testa seus pulmões e cordas vocais com as lindíssimas “Into the Unknown” e “Show Yourself”, que representam dois dos melhores momentos do longa. Porém, o primeiro ainda é responsável pela icônica “Let it Go”, uma das grandes canções da história da Disney. Impossível de superar.

VENCEDOR: Frozen 1