Criada por Laurie Nunn, Sex Education estreou em 2019 e rapidamente se tornou uma das séries mais assistidas da Netflix. A segunda temporada chegou à plataforma em janeiro deste ano e repetiu o sucesso

A segunda temporada de Sex Education contou com aprovação quase unânime de fãs e críticos. Parte disso vem pela participação de Gillian Anderson como Jean, a terapeuta sexual mãe do protagonista Otis.

De acordo com o site Screen Rant, Sex Education utilizou mais uma vez uma trama que já aconteceu com personagens de Gillian Anderson em outras séries. 


Confira abaixo o argumento apresentado pelo site!

Gravidez 

Gillian Anderson é conhecida até hoje por interpretar a agente Dana Scully na série Arquivo X, que teve mais de 200 episódios exibidos pela Fox.

Jean e Dana têm profissões bem diferentes, mas compartilham um arco narrativo em comum. As duas personagens ficam grávidas sem querer.

Na segunda temporada de Sex Education, Jean começa a namorar o vizinho Jakob, pai de Ola, a então namorada de Otis. As coisas não funcionam para os dois casais, que terminam até o final da temporada.

Após se sentir mal, Jean vai ao médico e descobre estar grávida, o que não deveria ter acontecido pois Jakob havia feito uma vasectomia.

Arquivo X

Em Arquivo X, Dana Scully não fica grávida uma, mas duas vezes, sob circunstâncias diferentes.

A primeira vez que a personagem de Gillian Anderson fica grávida é no episódio final da sétima temporada, intitulado “Réquiem”. Na época, a trama foi apresentada como um grande mistério, e nos episódios subsequentes Scully se refere a William como seu filho. 

A gravidez foi uma surpresa, já que Scully não acreditava que podia ter filhos. William foi dado para a adoção pouco depois. 

Na décima primeira temporada da série, é revelado que Scully havia sido inseminada artificialmente pelo Smoking Man.

No final da temporada, Scully anuncia que está grávida de novo, mesmo com as chances contra a gestação. 

Sex Education está disponível na Netflix.