A Netflix não para de cancelar séries populares e isso incomoda fãs de todo o mundo.

Depois dos cancelamentos de The OA e Spin Out, chegou a hora da Netflix aprender uma lição importante sobre a forma em que ela administra suas séries. O CinemaBlend falou sobre isso em um artigo.


Se for para cancelar, é melhor não ter mistério

A Netflix não deveria encerrar as temporadas de suas séries com um grande mistério se essa série ainda não foi renovada.

Se não há certeza de uma próxima temporada, com o mistério você deixa os fãs com um final incompleto para sempre, como foi o caso de Spin Out e The OA.

É frustrante para qualquer espectador dedicar o seu tempo para assistir uma história que fica sem final e a Netflix tem feito isso com muitas de suas séries.

Não é justo colocar um fã para assistir 8 horas de televisão sem saber se sua série terá um final definitivo ou não.

Os próprios criadores dessas séries acabam decepcionados. A criadora de Spin Out, Samantha Stratton, disse que todos o mistério em torno da vitória ou não de Kat e Justin seria resolvido em uma possível 2ª temporada. Essa 2ª temporada nunca vai existir.

The OA seguiu uma linha similar, já que em seu último episódio, os personagens foram enviados para outra realidade. Sem uma 3ª temporada, a série nunca vai responder as questões dos fãs, o que é uma pena. A Netflix precisa mudar essa tática urgentemente.

O que a Netflix precisa mudar

Se a Netflix não consegue der a sustentação que essas séries precisam, ou seja, garantir que elas serão renovadas, é melhor lançar séries originais em um formato limitado, com poucos episódios e um começo, meio e fim.

Muitos fãs descobrem que a temporada de uma série termina em mistério e acabam desistindo de assistir, porque sabem que se ela for cancelada, todo o esforço será em vão.

Criar grandes mistérios é muito bom para manter o público engajado, mas a Netflix só deveria fazer isso com séries cujo sucesso está comprovado – como Stranger Things. No fim, quem perde é o espectador.

Spin Out e The OA estão disponíveis na Netflix.