Os defeitos de Tony Stark tornam o Homem de Ferro um dos personagens da Marvel pelos quais os fãs mais se identificam. No entanto, certas decisões do herói não podem ser defendidas nem pelo mais ardoroso admirador.

De acordo com o site CBR, o maior erro da carreira de Tony Stark foi clonar Thor, em um arco realmente bizarro das HQs da Marvel.

Confira abaixo!


Péssima decisão

Após os eventos de Guerra Civil, Tony Stark não contava mais com o apoio de Thor pois o asgardiano já havia realizado sua passagem. Com a ajuda de Reed Richards e Hank Pym, o herói utiliza o DNA de Thor combinado com a tecnologia das indústrias Stark para clonar o Deus do Trovão.

No entanto, todo mundo percebe rapidamente que havia algo muito errado com o “novo Thor”, que ganha o codinome de Rangarok. Durante uma batalha contra um time de inimigos, ele mata o herói Golias a sangue frio, para o choque de outros heróis.

No final, Tempestade e Hércules conseguem derrotar Ragnarok utilizando a tecnologia de ponta do novo Mjolnir do clone de Thor.

A morte de Golias destrói todos os laços de confiança que Tony Stark ainda compartilhava com o Capitão América na época da Guerea Civil. Thor também retornou dos mortos e demonstrou sua frustração com as ações do Homem de Ferro.

Eventualmente o próprio Ragnarok retornou dos mortos, e acabou fazendo parte dos Dark Avengers.