A dinâmica entre Steve Harrington e a estreante Robin Buckley foi uma das mais interessantes de Stranger Things 3.

Os fãs da série se apaixonaram imediatamente por Robin, que foi uma das personagens mais carismáticas e interessantes a aparecer na 3ª temporada de Stranger Things.

Ao longo da temporada, Robin e Steve foram se aproximando cada vez mais e os fãs acharam que a dupla seria o novo casal principal de Stranger Things, mas nada disso aconteceu.


Em uma confissão emocionante, Robin se revelou homossexual, para o choque de Steve. Apesar dessa decisão ser bem interessante – e fazer sentido dentro da série – ela não era o plano inicial dos roteiristas. Em um artigo, o ScreenRant explicou como os planos da 3ª temporada de Stranger Things mudaram.

Robin e Steve seriam um casal inicialmente

A decisão de fazer de Robin uma personagem homossexual só foi estabelecida durante as filmagens dos episódios 4 e 5 da 3ª temporada de Stranger Things.

Nas filmagens, a atriz Maya Hawke, que vive a personagem, conversou com os criadores da série, os Irmãos Duffer, e decidiu que Robin e Steve não deveriam ficar juntos no fim das contas, apesar do planejamento estabelecido no roteiro.

Stranger Things tinha pouca representatividade para a comunidade LGBTQ+ e essa característica de Robin acabou sendo bem interessante para a trama da série. Felizmente, os criadores – e Maya Hawke – acabaram tomando a decisão correta.

Todas as três temporadas de Stranger Things estão disponíveis na Netflix. A 4ª temporada ainda não tem data de estreia.