Por Lugares Incríveis, no drama da Netflix protagonizado por Elle Fanning e Justice Smith, falha em ser o que tanto almeja: Uma experiência transformadora.

Baseado no livro de mesmo nome, Por Lugares Incríveis é um drama centrado em Violet (Fanning) e Finch (Smith), dois adolescentes que se aproximam em meio ao trauma e sofrimento em suas vidas.

Em um artigo, o site Digital Spy falou sobre as qualidades e defeitos do novo filme da Netflix.


Drama sem alma?

Por Lugares Incríveis é um filme que não consegue ter profundidade. Os personagens secundários pouco fazem dentro da história.

Finch e Violet sofrem todo o tipo de coisa. Os dois têm de lidar com morte, doenças mentais e abuso, mas as pessoas ao redor dos jovens simplesmente não parecem entender a dimensão de tudo o que acontece.

O conselheiro de Finch, que parecia ser um personagem interessante, some quando o filme da Netflix mais precisa dele para fazer algum sentido.

Por Lugares Incríveis tem atuações convincentes, mas no geral, é um filme que quer deixar o seu espectador cada vez mais triste sem motivo algum.

O filme não traz esperança, não tem bom humor e não tem uma grande mensagem para passar. O que é uma pena para uma história que poderia ter um grande senso de propósito.

Por Lugares Incríveis está disponível na Netflix.