Durante o Super Bowl de 2020, a Disney deu os fãs um gostinho dos próximos lançamentos do MCU, especificamente as séries previstas para serem exibidas na plataforma Disney+, que ainda não chegou ao Brasil.

Com várias outras séries confirmadas para os próximos anos, o futuro se torna excitante para os fãs da Marvel. Porém, essa abundância de conteúdo pode sair pela culatra.

A indústria do entretenimento já vem se preocupando há um bom tempo com uma possível tendência do futuro: a “fatiga” por filmes de super-heróis. Basicamente, essa teoria afirma que o gênero vai morrer com o tempo, assim como os faroestes.


Isso parece estar longe de acontecer, porém os esforços do Disney+ para tomar a dianteira no mercado dos streamings pode estourar a “bolha” da Marvel, DC e outras companhias.

O site CBR explicou como isso pode acontecer; confira abaixo!

O futuro do MCU

O Disney+ é uma verdadeira espada de dois gumes para o futuro do MCU, e o verdadeiro resultado apenas o tempo dirá. Por um lado, a plataforma é uma ótima opção para personagens mais obscuros ganharem chances de brilhar. Por outro, o lançamento excessivo pode saturar o gênero.

A Marvel já aprendeu que a produção de séries é mais complicada do que a de filmes. As séries da Marvel na Netflix, por exemplo, dividiram o público. Demolidor, Jessica Jones e O Justiceiro foram grandes sucessos. Punho de Ferro e o crossover Defensores, no entanto, não conquistaram o público.

Como as séries do Disney+ vai influenciar diretamente as tramas dos filmes do MCU, será mais difícil para fãs e espectadores casuais se inteirarem da história geral do universo compartilhado.

Além disso, o excesso de histórias de super-heróis pode fazer do MCU menos especial. Hoje em dia, o lançamento de um filme da Marvel é sempre um grande evento, algo que audiências do mundo inteiro aguardam com atenção.

Se filmes e séries do MCU forem lançados basicamente todo mês, eles serão apenas “outro projeto da Marvel”, perdendo a importância. De qualquer forma, será interessante acompanhar este experimento da companhia.

O Disney+ deve chegar ao Brasil ainda este ano.