Nos últimos tempos, a Netflix vem apresentando uma tendência preocupante: o cancelamento inesperado e precoce de várias séries queridas por público e crítica. Embora seja difícil analisar as métricas de audiência de uma plataforma de streaming, essa é a justificativa que a empresa apresenta para o corte de diversas produções.

Muitos desses cancelamentos causaram verdadeira revolta em fãs, que criaram campanhas para o retorno das séries, organizaram movimentos em redes sociais e até mesmo deixaram de assinar o serviço.

É difícil uma série da Netflix ultrapassar a marca das 3 temporadas. A maioria acaba cancelada com o lançamento de uma, duas ou três levas de episódios.


O site CBR explicou por que isso acontece; confira abaixo!

Modelo de negócios

Para se entender melhor o motivo da Netflix cancelar tantas séries, é preciso analisar o modelo de negócios da empresa.

Para emissoras tradicionais, é importante encontrar hits que mantenham a audiência estável por prolongados períodos de tempo. Séries bem sucedidas da TV americana, como NCIS e Law & Order: SVU, ficam no ar por décadas sem sofrerem com perdas significativas de audiência.

Como a Netflix tem seu modelo de negócios baseado no número de assinaturas, a plataforma precisa sempre investir em novas séries que atraem uma maior quantidade de público.

Se uma específica série não está causando impacto suficiente, é um melhor negócio para a Netflix cancelar a produção e iniciar o desenvolvimento de outro projeto.

Além disso, o modelo de produção da empresa deixa as séries mais caras a cada renovação. O elenco recebe aumento nos salários e o público sempre espera tramas mais impactantes e impressionantes, o que sempre custa dinheiro.

De acordo com o site Deadline, a Netflix é conhecida por dar extrema liberdade criativa para diretores, roteiristas e produtores. Porém, na hora de renovar as séries, a plataforma é extremamente rígida.

Cancela ou renova?

Séries que causam impacto nas redes sociais e principalmente em premiações dificilmente são canceladas. Stranger Things, Ozark e The Crown são ótimos exemplos dessa tendência.

One Day at a Time, no entanto, exemplifica o outro lado da equação. A série tinha uma grande base de fãs, mas não era vista por muitos assinantes da Netflix e não impressionava as premiações da TV. Por isso, foi cancelada mesma com baixo custo de produção.

Boneca Russa foi criada como uma minissérie de uma temporada só, porém com o sucesso da produção, acabou renovada para mais um ano. O mesmo aconteceu com A Maldição da Residência Hill.

Sendo assim, existem duas chaves para a renovação de séries na Netflix: audiência e impacto.