A Fase 4 da Marvel está criando várias oportunidades narrativas que lhes permitirão introduzir facilmente os X-Men e o Quarteto Fantástico no MCU. Quando surgiram as notícias de que a Disney compraria os ativos de TV e cinema da Fox, os fãs da Marvel se concentraram na possibilidade de os mutantes separados há muito tempo e seus personagens ligados finalmente se juntarem aos Vingadores.

Após meses de negociações comerciais entre as duas empresas, a venda histórica foi finalizada no ano passado, o que significa que o diretor criativo da Marvel, Kevin Feige, e sua equipe agora têm controle criativo sobre os X-Men e o Quarteto Fantástico.

É apenas uma questão de tempo até que esses personagens da Marvel sejam lançados no MCU. Até o momento, não há nenhuma palavra oficial sobre quando e como eles serão incorporados à franquia estabelecida, apesar de Feige ter apresentado todo o projeto da Fase 4 com uma mistura de cinema e TV.


Ele também indicou que alguns projetos como Guardiões da Galáxia Vol. 3 e Blade estão aguardando uma data de lançamento confirmada enquanto Pantera Negra 2 já conta com uma estreia estabelecida (no caso, para 6 de maio de 2022). No entanto, apenas porque eles estão sendo propositadamente calados sobre seus planos especificamente para os mutantes e a primeira família da Marvel, não significa que eles não começaram a configurar sua eventual chegada.

A Fase 4 do MCU apresentará o retorno de rostos familiares e a estreia de novos filmes e séries. Nenhum deles está explicitamente confirmado para incorporar os personagens de X-Men e Quarteto Fantástico em sua narrativa; no entanto, alguns projetos oferecem uma oportunidade narrativa para a Marvel apresentar esses heróis.

Falcão e o Soldado Invernal pode ter conexões com Wolverine

Sam Wilson (Anthony Mackie) e Bucky Barnes (Sebastian Stan) se reúnem na primeira série da Marvel no Disney, Falcão e o Soldado Invernal. Após os eventos de Vingadores: Ultimato, o programa gira principalmente em torno de Sam assumindo oficialmente o papel de Capitão América como sucessor escolhido por Steve Rogers (Chris Evans).

O Barão Zemo (Daniel Brühl) e Sharon Carter (Emily VanCamp) também vão estrelar enquanto Agente Americano (Russel Wyatt) será apresentado. O programa já tem uma história ampla para cobrir, mas também pode ter algumas conexões com o Wolverine, tornando a série um portal fácil para os mutantes no MCU.

Existem várias pistas de Falcão e o Soldado Invernal que indicam uma introdução surpresa ao Wolverine. A bandeira de Madripoor foi vista no set, o que significa que é um local que o programa pode visitar, oferecendo uma oportunidade de destacar suas enormes conexões com Wolverine e os X-Men.

Além disso, a série também está investigando a tentativa do governo de criar mais super soldados. Isso confirma os rumores de que Carl Lumbly está interpretando Isaiah Bradley – o primeiro Capitão América negro nos quadrinhos que fazia parte do Projeto: Renascimento.

Nos quadrinhos, é revelado que Renascimento foi a versão mais antiga do programa Arma X, que deu a Wolverine seu esqueleto de adamantium, e ambas são fases do “Arma Plus”. Diante disso, a exploração do Renascimento pode levar à descoberta da Arma X e de seus súditos, incluindo Wolverine.

As origens alteradas dos Eternos deixam a porta aberta para mutantes

A Marvel deve apresentar sua mais nova equipe de super-heróis em Os Eternos, de Chloe Zhao. Com um elenco repleto de estrelas, os personagens são um grupo de seres superpoderosos criados pelos Celestiais que são essencialmente imortais.

A história se estende por milhares de anos, embora sua narrativa principal seja definida após Vingadores: Ultimato. Eles foram enviados à Terra séculos atrás para protegê-la dos Deviantes e, quando o filme começa, eles já estavam no planeta.

Nos quadrinhos, os chamados “Deuses do Espaço” chegaram ao planeta e experimentaram o DNA dos seres humanos primitivos. Isso resultou em duas versões aprimoradas da espécie humana – os Eternos e os Deviantes.

Enquanto isso, os X-Men são subespécies humanas nascidas com habilidades sobre-humanas que foram simplesmente ativadas pelo “Gene-X”. Com os Eternos sendo extraterrestres que foram enviados à Terra pelos Celestiais, sua comparação óbvia em suas origens com os mutantes é descartada, permitindo que ambos coexistam potencialmente no MCU sem ocupar uma mesma ideia.

Os filmes da Fase 4 e os programas do Disney+ estão abrindo o multiverso

Vingadores: Ultimato indicou a existência do multiverso no MCU. Embora Mysterio (Jake Gyllenhaal) tenha mentido sobre isso em Homem-Aranha: Longe de Casa, isso não significa que ele não existe mais.

Embora os detalhes do enredo ainda sejam escassos no momento para Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, espera-se que explore ainda mais o multiverso, como sugere o título do filme. Com as séries do Disney+ como WandaVision e Loki ligadas à sequência com Benedict Cumberbatch, é seguro supor que a ideia de alguma forma será um fator em suas respectivas narrativas.

Loki ocorrerá especificamente em uma linha do tempo diferente após a fuga de Loki com a Joia do Espaço durante Vingadores: Ultimato.

Uma vez que o multiverso é oficialmente estabelecido no MCU, a Marvel pode utilizá-lo como uma maneira de atrair os X-Men e/ou o Quarteto Fantástico. Mysterio apresentou a ideia de que ele é um herói de uma dimensão diferente; embora isso seja obviamente falso para ele, pode ser como os mutantes entram na realidade primária do MCU.

Viver em uma dimensão completamente diferente explicaria sua ausência na franquia até agora sem ter que começar a apresentá-los do zero.

Doutor Destino pode aparecer em Pantera Negra 2

Tecnicamente um projeto da Fase 5, Pantera Negra 2 também pode ter um papel importante na estreia dos personagens. As especificidades da trama para o filme de Ryan Coogler ainda são escassas no momento, o que faz sentido, uma vez que não será lançado até 2022.

No entanto, os fãs podem esperar que T’Challa (Chadwick Boseman) e toda Wakanda retornem, mas quem será o vilão do filme dessa vez? Há rumores de que pode ser o Doutor Destino.

Isso vem de um relatório apontando que a sequência será vagamente baseada na narrativa de Doomwar da Marvel, em que Destino se envolve com Wakanda enquanto ele tenta expandir seu império na África.

Victor von Doom foi o principal vilão das duas franquias de filmes do Quarteto Fantástico, mas, como esses filmes como um todo, a adaptação do personagem não deu certo. Dado isso, os fãs de Doutor Destino ainda esperam que sua próxima aparição na tela finalmente capture a complexidade do personagem.

Embora ele esteja associado principalmente à primeira família da Marvel, a suposta introdução de Destino em Pantera Negra 2 distinguirá imediatamente a versão do personagem do MCU das outras.

Uma vez estabelecido na franquia, a Marvel poderá estabelecer um confronto entre Doutor Destino e o Quarteto Fantástico. E os X-Men podem não estar muito atrás.