“Eu Te Amo 3000”: Origem de famosa frase de Vingadores Ultimato é trágica

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu te amo 3000.” Essas quatro palavras emocionaram os corações dos fãs da Marvel em todo o mundo quando Vingadores: Ultimato foi lançado no ano passado.

Desde então, ganhou uma vida própria e se tornou um fenômeno da cultura pop, gerando memes intermináveis, um hit viral e até uma turnê promocional da Disney.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Falada pela primeira vez por Morgan Stark e depois por seu pai Tony, no final do filme após sua morte, “Eu te amo 3000” se tornou uma das frases mais doces e trágicas do MCU. À medida que a popularidade da fala crescia, também cresceram as muitas teorias que a cercavam, com a especulação emergindo de que é, de fato, uma referência.

Com todas essas possíveis explicações disponíveis, qual foi a verdadeira origem dessa famosa fala?

As teorias

Uma das teorias mais populares sobre a fala “Eu te amo 3000” foi que era uma referência ao tempo de duração combinado aproximado de todos os filmes do MCU até Homem-Aranha: Longe de Casa. Embora essa teoria certamente soasse boa no papel, era imprecisa.

O tempo de duração combinado somou aproximadamente 2.891 minutos. Mesmo com o arredondamento, é exagero dizer que é uma referência ao comprimento do MCU.

Em uma entrevista à Deco Drive, os diretores Joe e Anthony Russo, de Vingadores: Ultimato, desmentiram essa teoria. Joe Russo disse: “Não, quero dizer que é absolutamente coincidência, não somos tão espertos.”

Anthony acrescentou: “É difícil o suficiente fazer esses filmes, tentar acertar uma contagem de minutos como essa parece errado.”

Para desmascarar ainda mais as teorias que envolvem “Eu te amo 3000”, os escritores de Vingadores: Ultimato, Christopher Markus e Stephen McFeely, revelaram as verdadeiras origens por trás da fala agora icônica.

Sua origem real

Assim como um dos momentos mais comoventes de Vingadores: Guerra Infinita foi improvisado no set por Tom Holland, a grande fala de arrancar lágrimas de Vingadores: Ultimato não estava no roteiro. Como apurado pelo Observatório do Cinema, foi improvisada por sugestão do próprio Robert Downey Jr.

Enquanto o roteiro original pedia “Eu te amo toneladas”, mais tarde foi revelado pelos escritores que “Eu te amo 3000” era na verdade algo que os próprios filhos de Downey Jr. lhe diziam e, portanto, foi trabalhado no roteiro.

Certamente, era adequado que Downey Jr. fosse o único a entregar uma despedida tão icônica e sincera ao MCU. Homem de Ferro lançou o MCU, e Downey Jr. esteve em mais filmes da Marvel do que qualquer outro ator além de Samuel L. Jackson.

Mesmo que não tenha sido uma referência aos filmes anteriores da Marvel, “Eu te amo 3000” é certamente uma frase que permanecerá nos corações dos fãs da Marvel por um longo tempo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio