ALERTA DE SPOILERS

Quando a Parte 3 de La Casa de Papel chegou ao fim, os fãs da Netflix ficaram com uma impressão. A inspetora Alicia Sierra, vivida por Najwa Nimri, se tornaria um desafio ainda maior para os assaltantes.

A personagem foi responsável por torturar Rio, irritar o Professor e fazer ele perder a cabeça. Alicia simulou a morte de Raquel, fazendo o protagonista acreditar que tinha perdido o amor da vida dele.

Porém, a Netflix não entrega a mesma Alicia na Parte 4 de La Casa de Papel. Esse, quem sabe, é o grande desperdício dos episódios.


Faltou mais Alicia em La Casa de Papel

Durante 6 dos 8 episódios da Parte 4 de La Casa de Papel, Alicia fica basicamente anulada. Parecia que a inspetora causaria problemas para Raquel, ou Lisboa.

Mas, não é isso que acontece. Raquel é quem se mostra um problema para Alicia, apagando a impressão deixada na Parte 3.

Durante os primeiros capítulos, as duas argumentam, trocam estratégias e brigam. Mas, nada que chegue a ser um problema para os assaltantes ou que fica marcado pelo público.

Alicia tenta fazer Raquel assinar um acordo, mas os argumentos são falhos. O mais próximo que chega é de Lisboa quase ligar para mãe e a filha nas Filipinas, mas isso não acontece.

Alicia fica tão parada e repetitiva, que a própria Lisboa chegar a afirmar para a inspetora que ela só “sabe falar de sexo” para tentar incomodar.

Seria muito interessante se La Casa de Papel tivesse dado mais destaque para Alicia no começo da Parte 4. A inspetora poderia ter articulado os ataques de Gandía desde o início, por exemplo.

Mas, o que acontece é que ela é afastada ao dizer que o marido morreu e aceita a trégua dos assaltantes por pressão do Coronel Tamayo. Por essas razões, La Casa de Papel errou com Alicia.

As quatro temporadas de La Casa de Papel estão disponíveis na Netflix.