Resgate: veja o que esperar do filme da Netflix com astro da Marvel

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Resgate, novo filme de ação da Netflix estrelado por Chris Hemsworth, o Thor nos filmes da Marvel, chegou nesta sexta-feira (24) à plataforma de streaming.

No longa, Chris Hemsworth assume o papel de Tyler Rake. O personagem é um conhecido mercenário que recebe uma missão: resgatar o filho de um lorde internacional do crime.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Resgate é baseado em histórias em quadrinhos. Até por isso, tem o potencial para uma franquia na Netflix.

Porém, essa história vai realmente vingar? As primeiras críticas sobre o filme com o astro de Vingadores foram publicadas e, por hora, não agradaram completamente.

Confira abaixo os principais comentários sobre Resgate e veja o que esperar do filme da Netflix.

Muita ação, pouco conteúdo

O filme com o astro de Vingadores tem um estreante na direção, que é um ponto que chama atenção. Sam Hargrave, que foi coordenador de dublês da Marvel, assume o comando.

Essa escolha não é uma coincidência. Além de já ter trabalhado com Chris Hemsworth, Hargrave repete a parceria com Joe e Anthony Russo. Os diretores de Vingadores: Ultimato estão na produção de Resgate.

Até por isso, os pontos positivos das críticas são sobre a ação de Resgate. As análises estão elogiando esse quesito no filme da Netflix, chamando de “forte”.

Por outro lado, detonam em outras questões. Por isso, apesar de ser recomendado, Resgate não pode ser chamado de uma obra de arte ou de um dos melhores filmes de ação.

“A ação de Resgate é incansável, polida, tem inspiração, é forte e crua. Mesmo que a história não te prenda, vale ver Resgate para se entreter com uma das cenas mais dolorosas do momento. Hemsworth administra levar socos e dar muitos socos. É uma barreira imparável de agonia física”, afirmou o Cinema Blend.

A Variety, por exemplo, demarcou que Resgate tenta ter sequências impressionantes. Uma delas seria muito longa e gravada de uma só vez. O resultado final não agradou totalmente.

“Hargrave e Hemsworth tentam improvisar para alcançar o objetivo. Eles não conseguem, mas a tentativa impressiona da mesma forma, ao mesmo tempo que a câmera faz truques impossíveis para continuar na perseguição em alta velocidade”, notou a crítica.

Essa cena, que não será descrita para não ter spoilers, é o que mais chama atenção. Isso prova como o resto da história falhou – como observa o Screen Crush.

“A trama parece como sobras reaquecidas de outros tantos filmes sobre guerreiros sombrios buscando redenção e o humor oscila de forma desajeitada sobre um conto de aviso sobre o perigo do mercado do tráfico e os filmes de ação cheios de cenas ‘legais’”, escreveu o site.

Enquanto isso, o The Wrap descreveu Resgate como cansativo. Por mais que o astro de Vingadores tente, é muita luta para pouca história – ao menos, é o que diz a análise.

“Duas horas disso é muito, mesmo com as poucas paradas para desenvolvimento de personagem. Por melhor que Hargrave seja armando e gravando ação, você chega em um ponto de reduzir a atenção em um filme construído por lutas e armas automáticas”, destacou o site.

Mesmo com as observações, as críticas sugerem que cada fã assista ao filme para tirar as próprias conclusões.

Resgate já está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio