Contém spoilers!

Resgate é um filme de ação de grande orçamento, estrelado por Chris Hemsworth, uma das maiores estrelas de Hollywood. O enredo do filme é relativamente direto: Tyler Rake, um ex-soldado australiano que agora se tornou mercenário, é contratado para entrar em Daca, Bangladesh, para resgatar um garoto sequestrado.

O menino é filho de um poderoso traficante e foi levado por um gângster rival. Rake e sua equipe são contratados como mediadores, mas o plano falha rapidamente.


A situação é revelada como uma armadilha e, em pouco tempo, Rake se vê sozinho, sem nenhum apoio, lutando contra uma cidade inteira enquanto tenta manter o garoto vivo.

Como é de se esperar, Resgate é muito pesado. O filme é construído em torno de cenários explosivos, e sua filmagem no local faz a ação parecer ainda mais real.

Dados todos os ingredientes envolvidos no filme, Resgate poderia ser facilmente classificado como um filme de grande sucesso de bilheteria – especialmente com Hemsworth no papel principal. Mas, apesar de tudo isso, foi lançado diretamente para a Netflix, o que é lamentável, porque o filme se beneficiaria muito de um lançamento no cinema.

Ação impressionante

Resgate é um filme impulsionado por suas sequências de ação. De fato, na primeira metade, o filme apresenta uma sequência de ação única que dura 12 minutos, que se move de carro e depois muda para perseguição a pé, antes de se transformar em um tiroteio e uma briga pelas ruas de Daca antes de terminar sobre rodas mais uma vez.

E essa é apenas uma das impressionantes sequências de luta no filme dirigido por Sam Hargrave.

Essas sequências de ação são ótimas para serem desfrutadas no conforto de nossas próprias casas, mas teriam uma experiência muito melhor no cinema. Na tela pequena, essas cenas eram de alta octanagem e contundentes.

Mas imagine o quão incrivelmente mais viscerais e empolgantes teriam sido em um cenário de cinema. Socos teriam sido ainda mais fortes, explosões teriam sido maiores e o som dos ossos estalando teria sido muito mais alto.

Certamente, Resgate pode valer a pena assistir apenas por causa de suas cenas de ação bem coreografadas, mas também oferece algumas cenas emocionais poderosas – momentos que ganham peso graças à ação brutal em exibição. Há um equilíbrio em ação no filme, e uma experiência cinematográfica não teria apenas brigas empolgantes, mas também momentos tranquilos impactantes.

Simplificando, o contraste entre as duas coisas teria sido melhor servido no cinema.

Chance perdida

No momento, todas as salas de cinema estão fechadas e as pessoas só podem assistir filmes no conforto de nossas salas de estar. Se Resgate estivesse previsto para um lançamento no cinema, é possível que o filme teria sido adiado por tempo indeterminado.

Por isso, todos podem ser gratos pela Netflix, que não só deu ao público um novo filme, mas algo que realmente entretém quando se trata de ação e drama. Mas ainda assim, Resgate é um tipo de filme que se beneficiaria muito com um lançamento no cinema.

Se fosse esse o caso, poderia ter tido a chance de se tornar tão grande quanto merecia, e talvez até começar uma nova franquia de filmes originais com Tyler Rake, de Hemsworth.

Resgate está disponível na Netflix.