E agora? Herói fica sem história na Marvel após Vingadores: Ultimato

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um dos heróis mais conhecidos do mundo, o Hulk é um caso complicado para o Marvel Studios.

A empresa não é dona dos direitos do personagem. Eles são da Universal, o mesmo estúdio de Velozes e Furiosos e Meu Malvado Favorito.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agora, um novo problema apareceu: parece que não há mais história para contar com o Hulk no MCU.

Vingadores: Ultimato completou o arco de Hulk

Um arco completo para o Hulk começou em Thor: Ragnarok. O personagem passou por um processo de desenvolvimento em que ficou um pouco mais humano, considerando tantas experiências em um período de dois anos.

Em Vingadores: Guerra Infinita, depois de ser espancado por Thanos, Hulk se tornou relutante, e se recusava a aparecer mesmo quando Bruce Banner mais queria.

Isso levou a Vingadores: Ultimato, quando muito frustrados, Hulk e Banner decidiram passar por um experimento que os combinaria de um jeito estranho. Assim nasceu o Professor Hulk, com a inteligência de Bruce Banner e a força do Hulk.

Apesar de um pouco divisório, foi um arco bastante completo que nos deixou nos perguntando para onde poderiam levar o Professor Hulk a seguir.

A Marvel não pode fazer um filme solo do Hulk

Como mencionado anteriormente, a Marvel não é a dona dos direitos do Hulk. A empresa não pode fazer um filme solo do personagem, e O Incrível Hulk, de 2008, só aconteceu por causa de uma parceria que nunca mais vai ocorrer (já que agora a Marvel é da Disney, uma das maiores rivais da Universal).

Isso, é claro, nunca quis dizer que o Hulk não poderia aparecer no MCU: ele tinha a permissão de participar de longas de equipes e outras parcerias com heróis da Marvel.

Mesmo assim, a impossibilidade de um filme solo do Hulk traz diversas novas limitações para o herói. São muitas as direções que não podem ser seguidas com isso.

Um novo filme poderia, por exemplo, trazer uma nova tragédia para o Professor Hulk, fazendo-o voltar a um caminho mais tradicional, em fuga e dividido como Banner e Hulk novamente, como o próprio ator Mark Ruffalo sugeriu uma vez. Mas isso custaria um longo desenvolvimento, que só poderia acontecer em um filme solo, que não vai acontecer.

A Mulher-Hulk deve ser o novo foco do MCU

Parece que o problema com os direitos de personagem não se aplica à Mulher-Hulk, e tudo indica que ela será a nova estrela do MCU no que diz respeito aos raios Gama.

A personagem terá uma série no Disney+, que terá uma participação do Professor Hulk. Mas é improvável que realmente seja um grande papel.

A passagem de tocha de Hulk para a Mulher-Hulk é uma decisão inteligente, porque resolve uma série de problemas e é algo que teria que ser feito em algum momento de qualquer maneira.

Mas é meio frustrante, porque mesmo sem ter para onde levar o Hulk, é possível que a Marvel não queira abrir mão dele.

Dessa forma, talvez o Hulk (ou Professor Hulk, como está atualmente) permaneça sempre como um coadjuvante de luxo para o MCU. Simplesmente nunca existiram muitos caminhos para tomar com o personagem – e agora, menos ainda.

A série de Mulher-Hulk ainda não conta com data de lançamento no Disney+.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio