De Demolidor à The Umbrella Academy, a Netflix já adaptou diversas HQs como séries live-action. Agora, é a vez de Warrior Nun.

Baseada na HQ Warrior Nun Areala, lançada por Ben Dunn nos anos 90, a série tem a missão de introduzir a polêmica trama para uma nova geração.

Freira Assassina

Warrior Nun Areala conta a história da Irmã Shannon Masters, uma religiosa da Ordem da Espada Crucificada, um braço fictícios da igreja católica.


Com narrativa e visual inspirados em mangás, a HQ acompanha Masters em sua transformação. A freira se torna o avatar de Areala uma guerreira que de santa não tem nada.

Críticas e polêmicas

Desde sua primeira publicação, Warrior Nun esteve sempre envolvida em polêmicas e críticas exaltadas da comunidade católica.

Alguns religiosos condenaram a utilização de símbolos e rituais religiosos em um contexto violento e sexualizado.

Por outro lado, a série de HQs também foi acusada de mostrar a religião católica de forma excessivamente heróica e otimista, fechando os olhos para as inúmeras atrocidades cometidas em nome de Deus no decorrer dos séculos.

A série

Intitulada apenas Warrior Nun, a série da Netflix conta com uma primeira temporada de dez episódios.

Simon Barry (Continuum), foi escolhido como showrunner. A série teve gravações na Espanha, nas mesmas locações usadas para Dorne em Game of Thrones.

Diferentemente das HQs, Warrior Nun foca na trama de Ava, uma mulher que acorda em um necrotério sem saber como foi parar lá.

Após ser atacada por um grupo de criminosos, a personagem descobre poderes especiais e divinos.

Logo depois, a personagem é recrutada pela igreja e é obrigada a escolher entre lutar em uma guerra fria contra o inferno ou aproveitar a liberdade pela primeira vez em sua vida.

Mesmo com grandes diferenças da HQ, a série da Netflix adapta algumas tramas e diálogos diretamente do material original.

O elenco

Warrior Nun é protagonizada pela atriz portuguesa Alba Baptista, no papel de Ava.

Toya Turner interpreta Shotgun Mary, uma das freiras mais violentas da ordem. Kristina Tonteri-Young foi escolhida para o papel da Irmã Beatrice, uma jovem reservada e inteligente, enquanto Lorena Andrea ficou com o papel da voluntariosa Irmã Lilith.

Tristán Ulloa interpreta o Padre Vincent, o líder da Ordem, conhecido por sua incompetência. Sylvia de Fanti é a Madre Superiora, a mentora de todas as freiras.

Warrior Nun já está disponível na Netflix.