Artista da Semana | Issa Rae, de Insecure

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta coluna do Observatório do Cinema, intitulada Artista da Semana, elegeremos o ator ou atriz de TV que mais nos impressionou durante os episódios da semana. Em época de fall season, é fácil se perder entre grandes séries e grandes atuações, mas sempre tem aqueles que merecem um destaque.

Insecure, a comédia menos badalada da HBO que estreou ao lado de Divorce, de Sarah Jessica Parker, tem sido uma grata surpresa. Desenvolvendo uma voz única com o passar dos episódios, a série chega ao último capítulo de sua primeira temporada neste domingo (27), mas foi no episódio da semana passada que mostrou tudo o que sua criadora e protagonista, Issa Rae, é capaz.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Vinda da tradição das webséries, especialmente The Misadventures of Awkward Black Girl (2011-2013), Rae desenvolve uma série engraçada, importante e emocionante, que traduz a identidade de personagens negros americanos sem fazer muito alarde sobre isso. É o tipo de inclusão mais bacana que pode haver na TV, e a renovação para a segunda temporada mostra que há público para isso.

No entanto, estamos aqui para falar da performance de Rae no papel principal, e especialmente no episódio “Real as F*ck” (1×07), que mostra as ansiedades, segredos e problemas de sua personagem, também chamada Issa, finalmente explodindo na vida pessoal, tudo enquanto ela alcança um pico de realização profissional.

Desde o começo da série, Rae se mostrou uma sutil e esperta intérprete, traduzindo de forma envolvente as emoções de sua personagem enquanto ela passava por uma trama atribulada que dizia muito sobre confrontar seus defeitos, talentos e anseios. Especialmente nas cenas de Issa em frente ao espelho, estivesse ela soltando um de seus raps ou não, Rae encontrou uma personagem vulnerável e identificável que não abria mão da identidade étnica que fazia parte de sua realidade, mas apelava para um público além dela.

No episódio em questão, essas emoções vem à tona quando Issa briga com sua melhor amiga (a também excepcional Yvonne Orji) e com seu namorado (Jay Ellis), tudo enquanto um evento beneficente organizado por ela dá muito mais certo do que era de se esperar. As quietas frustrações de Issa explodem na cena final, e há algo de especial na forma como Raw nos fez intuir a dor que existe dentro da personagem por seis episódios antes de nos mostrar de verdade nesse último.

Insecure pode ter estreado como a zebra da temporada, mas vai finalizar seu primeiro ano como uma das mais importantes produções no ar no momento.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio