Artista da Semana | Mandy Moore, a Rebecca de This is Us

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta coluna do Observatório do Cinema, intitulada Artista da Semana, elegeremos o ator ou atriz de TV que mais nos impressionou durante os episódios da semana. Em época de fall season, é fácil se perder entre grandes séries e grandes atuações, mas sempre tem aqueles que merecem um destaque.

This is Us está cheia de atores que nunca foram exatamente espetaculares. Do ex-galãzinho juvenil Justin Hartley ao nem sempre competente Milo Ventimiglia, a série encontra nesses intérpretes algo que nunca foi explorado e mostra que um bom personagem pode tirar o melhor de qualquer ator dedicado a sua arte. Mandy Moore é só mais um desses casos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Esta americana de 32 anos é talvez mais conhecida pelo papel romântico de Um Amor Para Recordar e uma galeria de comédias nada memoráveis, além de ter emprestado a voz para a princesa de Enrolados, animação da Disney. Como Rebecca, a mãe de família que largou o sonho de ser cantora para cuidar dos três filhos, ela explora uma dimensão de seu talento que nunca apareceu antes.

Porque sim, Mandy Moore sabe como ser doce. Ela é adorável em This is Us, uma mãe dedicada e esposa radiante que encara cada obstáculo no caminho, junto a seu marido feito por Ventimiglia, com uma coragem impressionante. Nas delicadezas, no entanto, Moore mostra que há um alcance muito amplo em sua atuação.

O episódio dessa semana, “The Best Washing Machine in the Whole World” (1×07), termina com Rebecca olhando para a máquina de lavar roupas de sua casa, relembrando as múltiplas vezes em que a família a trocou e os momentos inesquecíveis que tiveram perto dela. Bem no estilo de This is Us, é uma metáfora sutil para a constante renovação que vem com o tempo, mas também para o fato de que nem sempre essa renovação é para melhor.

This is Us é às vezes brutalmente honesta sobre a forma como a vida em família é cheia de mágoas, distrações, afastamentos e segredos. Nessa bagunça de ressentimentos e amores, Moore se destaca ao representar com tanta sutileza e inteligência a realização de que o tempo só se move em uma direção, e nesse movimento deixa muitas coisas, muitas pessoas e muitos relacionamentos para trás.

É de quebrar e esquentar o coração ao mesmo tempo, como o melhor de This is Us.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio