De: Anna Carolina Costa

A DreamWorks lançou sua última animação com a promessa de ser um filme tocante e inovador. A premissa de um ser humano encontrar, durante uma aventura, um alienígena não é nova. Já vimos isso em Lilo & Stitch por exemplo. É claro que foi muito bom Home (nome original) trazer como personagem principal uma menina negra, com os cabelos cacheados e cheia de personalidade. Mas a Lilo também não seguia os “padrões europeus” de beleza, logo, a semelhança é inegável.

O filme conta a história dos Boovs, que são criaturas alienígenas simpáticas e medrosas, que vivem fugindo de seus maiores inimigos, os Gorgons. Eles escolhem a Terra como um lugar perfeito para se esconder e assim, fazem com que todos os humanos sejam deslocados para um canto restrito do planeta, enquanto o resto passa a ser habitado pela sua espécie.


Oh (voz original de Jim Parsons) é um Boov amigável, porém bastante atrapalhado. Sua principal ambição é fazer amizades, então ele decide realizar uma festa de boas-vindas na sua nova casa na Terra, mas ele acaba mandando o convite para toda a galáxia e assim os Gorgons passam a ser um risco novamente. Então Oh se vê obrigado a fugir dos Boovs, que são comandados pelo capitão Smek (voz original de Steve Martin), e que estão furiosos com essa trapalhada do jovem alien.

Enquanto tenta se esconder, Oh encontra uma garotinha, Tip (voz original de Rihanna), e seu gato “porquinho”. Ela é a única humana que não foi deslocada pelos Boovs, e por isso está em uma busca desenfreada pela sua mãe.

Os dois resolvem se ajudar e assim a aventura começa. É uma graça ver a amizade deles crescendo, aliás, este é um filme muito bom para trazer boas referências para as crianças. Mesmo assim acredito que existem cenas onde a amizade pode ser confundida com um primeiro amor por uma das partes.

A música tema do filme, “Feel the Light”, interpretada por Jennifer Lopez é muito bonita e fica algumas horas na cabeça depois da sessão. Mas nada comparado a “Let it Go”, de Frozen.

O filme é muito bom para sua faixa etária indicada, porém creio que depois dos sucessos que a Disney e a Pixar estão lançando atualmente, este não seja um filme que irá alavancar grandes plateias.

3 de 5 estrelas