Crítica | Férias Frustradas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lançado em 1983, Férias Frustradas é um clássico da comédia. A história da família Griswold, que cruza os Estados Unidos em uma viagem maluca para chegar ao parque Walley World, tornou-se um dos ícones de quem nasceu na década de 1980.

Desde então, mais três continuações haviam sido lançados no cinema, sendo a última em 1997. Como vivemos a era das sequências, refilmagens e reboots, era de se esperar que eles voltassem à cena, o que acontece em uma repaginada Férias Frustradas, que estreia nesta quinta-feira (10) nos cinemas brasileiros.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Escrito e dirigido por Jonathan Goldstein e John Francis Daley (mesma dupla de Quero Matar Meu Chefe 1 e 2), o longa é uma espécie de reinício da franquia. Sai o casal formado por Chevy Chase e Beverly D’Angelo, que faziam Clark e Ellen Griswold, e entram Ed Helms (da trilogia Se Beber Não Case) e Christina Applegate (a eterna Kelly Bundy da série Um Amor de Família).

Helms interpreta Rusty Griswold, o filho dos filmes anteriores, aqui adulto e com sua própria família. Christina é sua mulher, Debbie, mãe de seus dois filhos – James (Skyler Gisondo), o mais velho, e Kevin (Steele Stebbins), o caçula. Piloto de uma pequena companhia aérea, Rusty é um sujeito tranquilo e bem intencionado, mas do tipo que sempre se dá mal. Como todos estão cansados de passar as férias mais uma vez no mesmo lugar, ele tem a ideia de recriar a viagem que fez com os pais e a irmã Audrey, muitos anos antes, em direção ao Walley World.

Só que a boa vontade de Rusty não basta para garantir o sucesso das férias, que começam a dar errado logo na saída, por conta do carro bizarro que ele aluga. Ao longo da história, eles serão perseguidos por um caminhoneiro maluco (vivido por Norman Reedus, o Daryl da série The Walking Dead), tomarão banho em um esgoto e quase morrerão em um passeio de rafting, entre essas e outras roubadas.

O elenco do filme conta com várias participações de comediantes da atualidade, incluindo nomes como Charlie Day (de Quero Matar Meu Chefe), Michael Peña (Homem-Formiga) e Regina Hall (Todo Mundo em Pânico). Leslie Mann (Mulheres ao Ataque) interpreta Audrey na vida adulta, enquanto o ‘Thor’ Chris Hemsworth faz o seu marido, em uma participação tão absurda quanto cômica. Já Chevy Chase e Beverly D’Angelo fazem uma rápida aparição, aliás, bastante sem graça.

Mesmo com todas as referências, o novo Férias Frustradas não chega aos pés do original. Sim, há algumas sequências engraçadas, mas o filme – no geral – não passa de um apanhado de clichês de comédias já vistas anteriormente. A sensação de nostalgia fica só mesmo na música-tema, “Holiday Road”, que marca a franquia.

É importante lembrar que o primeiro filme foi dirigido por Harold Ramis (de Feitiço no Tempo e Máfia no Divã), com roteiro de John Hugues – mestre de longas como Curtindo a Vida Adoidado e Esqueceram de Mim. A nova versão confirma que algumas obras deveriam permanecer intocadas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio