Goosebumps: Monstros e Arrepios consegue manter com sucesso a fórmula dos livros de R.L. Stine, plot twists, sustos e crescimento pessoal para o herói.

O filme conta a história de Zach (Dylan Minnette) que, junto com sua mãe Gale (Amy Ryan), vão morar ao lado da casa do famoso escritor de livros de terror infantis R.L. Stine (Jack Black) na pequena cidade de Greendale, onde Zach, por acidente, libera no mundo real os monstros criados por Stine na sua famosa série de livros Goosebumps.

Parte do sucesso do filme acontece devido ao excelente desenvolvimento das relações entre os quatro personagens principais: Zach, Stine, Hannah (Odeya Rush), Champ (Ryan Lee), evoluindo de simples conhecidos para grandes amigos, principalmente Stine e Zach.


Possivelmente o maior acerto de Goosebumps: Monstros e Arrepios é o modo como mesmo tendo Jack Black no elenco, o diretor Rob Letterman respeita as personalidades de cada personagem deixando a maior parte da comédia do filme por conta de Ryan Lee, que não decepciona. Jack Black ainda tem espaço para a sua clássica comédia física com caretas e movimentos exagerados, mas as partes mais engraçadas do filme acontecem todas com Champ.

Seria um erro falar sobre esse filme sem comentar o excelente design dos monstros criados por Stine. Todos os monstros são perfeitamente transportados das páginas dos livros de Stine para a tela do cinema. Dos anões de jardim e o modo como eles se movimentam até o Lobisomem e o modo como as roupas são posicionadas no seu corpo com seus tênis all stars parecendo caneleiras devido ao tamanho do seu pé.

Todos os monstros funcionam perfeitamente com quem não os conhece, mas a verdadeira prova da qualidade de sua adaptação dos livros para o cinema é o fato que eles funcionam para quem leu os livros e já tinha em sua mente uma imagem de como eles seriam, e podem agora vê-los e na maior parte dos casos ser surpreendido pelo jeito que eles são mostrados.

E por fim a maneira como a história se diferencia da cultuada série Goosebumps da década de 90 ao não tentar adaptar uma só história de Stine, mas sim incluir o próprio personagem de Stine na trama e criar uma nova história com todos os monstros inventados por ele.

Goosebumps: Monstros e Arrepios provavelmente encontrará maior sucesso com as crianças e jovens adolescentes, mas ele não falha em entreter outros públicos. É possível inclusive imaginar pais levando seus filhos para assistirem o filme e acabarem se entretendo tanto quanto eles.