Ellen Page passa por apuros ao entrevistar assassino de gays brasileiro

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Gay assumida, Ellen Page entrevistou um policial carioca brasileiro e assassino de homossexuais para seu documentário sobre a cultura LGBT mundial.

Um trecho da entrevista mostra o encontro da indicada ao Oscar por Juno com o policial em uma favela carioca. Ele dispara absurdos como sua vontade de “exterminar toda a população gay” por ser “suja”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Para mim são piores que animais. Eu acho que cada lugar imundo deve ser limpo. Se eles atravessarem o meu caminho, eu vou cuidar deles”, disse o maníaco, que aparece apenas coberto por panos.

No documentário, Ellen Page admite ter ficada assustada com a reação de ódio e que foi “uma das experiências mais assustadoras” pela qual já passou. “No final, só estava torcendo para tudo acabar bem”, disse a atriz.

Amor Por Direito (Freeheld), um drama sobre os direitos gays, é o mais recente filme de Ellen Page e tem previsão para chegar ao Brasil em fevereiro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio