Publicidade

“Quando era viciado, venderia até minha mãe por crack”, diz astro de Mad Max

Publicado por Redação

23/01/2016 13:00

Tom Hardy fez uma declaração surpreendente sobre seu passado problemático durante entrevista ao Daily Mail.

O astro de Mad Max: Estrada da Fúria confessou que era viciado em crack na adolescência e teve muitos problemas com a lei.

Segundo Hardy, ”eu venderia a minha própria mãe por uma pedra de crack” na época. Mesmo crescendo em um bom colégio e cheio de privilégios, ele confessou que sempre sentiu “atração por coisas erradas”.

Felizmente, o ator encontrou na arte de atuar a salvação para sua vida:

“A única coisa que foi capaz de me tirar dessa fase negra foi atuar. Comecei porque era filho único e queria deixar meu pai orgulhoso. E não haviam outra coisa que eu soubesse fazer a não ser atuar. Como era bom, investi nisso e hoje tenho sorte de viver disso”, concluiu.

Além de estar no elenco de Mad Max, um dos recordistas de indicações ao Oscar deste ano (são 10 no total), Tom Hardy também foi indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante por O Regresso, drama de sobrevivência estrelado por Leonardo DiCaprio que estreia em fevereiro no Brasil.

Publicidade