Cantor de American Pie é declarado culpado em caso de violência doméstica

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Don McLean, o autor da clássica música “American Pie” (1971), foi declarado culpado por violência doméstica após bater na ex-mulher, a fotógrafa Patrisha McLean.

O músico de 70 anos não será sentenciado à prisão, no entanto, pois assinou um acordo em que se compromete a se submeter a uma avaliação de saúde mental, além de precisar ficar afastado da ex.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

McLean foi preso em janeiro deste ano após sua mulher na época ter ligado para a polícia, o acusando de agressão. Ele foi liberado no mesmo dia logo depois de ter pagado fiança de 10 mil dólares.

Na ocasião, Don McLean se defendeu afirmando que seu casamento estava terminando de uma forma “extremamente dolorosa” e que ele não era o vilão da história.

Patrisha McLean pediu o divórcio do cantor em março. Em audiência realizada nesta quinta-feira (21), ela disse que chegou a temer por sua vida enquanto estava casada com o artista.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio