Jared Leto: “Hollywood é conservadora demais para ter um super astro gay”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jared Leto pode ter ganho um Oscar ao encarnar uma personagem transexual em Clube de Compras Dallas, e ter puxado os limites do convencional ao se transformar no Coringa para Esquadrão Suicida, mas ele não acha que Hollywood está pronta para um super astro gay.

Esquadrão Suicida | Jared Leto diz que muitas cenas do Coringa foram cortadas

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu definitivamente acho que um ator gay não teria as mesmas oportunidades do que um ator heterossexual”, comentou Leto em entrevista à GQ. “Eu não sei se isso é ofensivo vindo de mim ou não, mas é o que eu penso. Não deveria ser assim, mas não acho que um ator gay teria as mesmas oportunidades que eu tive. E acho que isso pode-se dizer de várias outras minorias. Que palavra, ‘minorias’. Não deveríamos mais falar isso”.

Roupa de Jared Leto em estreia de Esquadrão Suicida homenageia Coringa antigo

“Estamos num momento interessante agora em que as pessoas estão explorando áreas novas de identidade, se libertando da dualidade feminino e masculino”, comentou ainda o ator. “Talvez estejamos criando um novo paradigma, e acho que isso é ótimo. Muita gente ainda é marginalizada, e acho que precisamos achar uma identidade para nos entender. Para mim, nunca tive uma ideia específica de masculinidade. Eu acho que é ok simplesmente ser você mesmo”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio