Ao que tudo indica, os personagens valentões de Clint Eastwood podem ter sido inspirados pelo próprio ator.

Em entrevista à GQ Australia, o filho do cineasta, Scott Eastwood, revelou que o pai era durão com ele na adolescência e até chegou a lhe dar um soco na cara quando Clint ficou sabendo que ele deixou a irmã, na época com 14 anos, sozinha em uma festa.

“Mais tarde, quando ele descobriu isso, me bateu e disse: ‘Você nunca mais deixe a sua irmã sozinha em uma festa. NUNCA’. Ele era muito antiquado, muito. Com ele não tinha essa besteira da nova era, onde você não pode nem dar um tapinha no seu filho com medo de ser julgado por todo mundo. Nossa família resolvia as coisas de outro modo. Se você fizesse algo errado, era punido por isso. Então eu aprendi rápido – a não fazer coisas erradas”.


O ator de Esquadrão Suicida também relembrou da tragédia envolvendo a ex-namorada, morta em um acidente de carro, e admitiu que para ele era mais fácil sair com mulheres na época em que era bartender do que agora, como um astro de Hollywood.

Scott Eastwood acabou de terminar sua participação em Velozes e Furiosos 8, que chegará aos cinemas no próximo ano.