Ator americano é condenado por assassinato chocante na Califórnia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Daniel Wozniack, mais conhecido por papeis no teatro, mas também visto em filmes como A Casa da Rússia (1990), foi condenado à pena de morte na Califórnia, nos EUA, após confessar ser o autor de um sangrento assassinato envolvendo um veterano de guerra e sua amiga.

Sem dinheiro para pagar aluguel e despesas de seu casamento e da lua de mel, Wozniak planejou o assassinato de Samuel Herr, 26 anos, seu vizinho, com o objetivo de roubar os 60 mil dólares que ele havia recebido por serviços prestados no Afeganistão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 21 de maio de 2010, o ator atraiu o vizinho para um sótão dizendo que precisava de ajuda para transportar alguns móveis. Em uma entrevista conduzida pela polícia, Wozniak confessa ter atirado nas costas de Herr. O ator ainda decepou a cabeça, as mãos e o antebraço do veterano antes de despejar o corpo em um parque.

Para despistar os investigadores, Wozniak usou o celular de Herr para enviar mensagens a sua amiga Julie Kibuishi, 23 anos,, e atraí-la até o apartamento de Herr. Ele atirou duas vezes na cabeça da jovem, e removeu suas roupas para que parecesse que Herr a tivesse estuprado.

Wozniack vai ficar preso no presídio de San Quentin, na Califórnia, mas sua execução deve demorar: há mais de 750 presos esperando pela pena de morte no mesmo local.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio