Mel Gibson sobre escândalos da vida pessoal: “Foi difícil sobreviver”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mel Gibson conversou com a imprensa reunida no Festival de Veneza 2016 após a exibição de seu elogiado novo filme, Hacksaw Ridge, seu primeiro na direção em quase uma década. Nesse tempo, o ator esteve envolvido em vários escândalos de imprensa.

“Minha relação com Hollywood hoje em dia é de sobrevivência. Porque foi difícil de sobreviver durante esse tempo”, comentou Gibson. O ator, de 60 anos, virou manchete nos tabloides ao ser preso por dirigir sob influência de drogas, além de fazer comentários anti-semitas e homofóbicos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Confira Andrew Garfield nas fotos de Hacksaw Ridge

Quando perguntado como vê sua evolução como ator e diretor nas últimas décadas, Gibson brincou: “Quando eu era mais jovem, era melhor para interpretar alguém de 20 anos!”. “Na verdade, acho que desenvolvi uma espécie de relaxamento com o tempo, e isso é importante. A chave para qualquer habilidade é o relaxamento, para você conseguir acessar aquilo”, continuou.

“A esperança é que com o tempo a gente sempre se torne melhor. E às vezes isso não acontece. Às vezes você faz algo incrível e de repente dá um passo enorme para trás. Eu já passei por isso – você faz algo bom, e depois algo não tão bom. É mais sobre o momento que você está na sua vida”, refletiu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio