Amanda Seyfried confessa sofrer TOC: “É uma doença como qualquer outra”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A estrela Amanda Seyfried, vista em filmes como Mamma Mia e Os Miseráveis, conversou com a revista Allure sobre sua luta contra o TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo), uma doença mental com a qual ela tem que lidar desde a adolescência.

“Eu tomo Lexapro desde os 19 anos, então já fazem mais de 10 anos que tomo. Estou na dose mais baixa, mas não vejo porque parar de tomar. Mesmo que seja só placebo, me faz me sentir mais segura. Qual é a vantagem? É só um estigma de que não podemos nos medicar”, comentou a atriz.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

First Reformed | Amanda Seyfried vai fazer filme do roteirista de Taxi Driver

“As pessoas não levam a doença mental tão a sério quanto as outras doenças, mas isso está errado. É uma doença como qualquer outra. Não é uma massa, um cisto, mas está ali. Porque você tem que ver para crer? Você não está na minha pele. Se eu posso tratar, eu vou tratar”, disse ainda.

“Eu tinha muitos problemas quando era mais nova. O TOC me causava ansiedade e eu achava que havia algo de fisicamente errado com o meu cérebro. Meu médico me mandou para um psiquiatra, ainda bem”, concluiu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio