Por mais de uma década, Angus T. Jones chegou a ser um dos rostos mais conhecidos e bem pagos da TV americana por conta de sua participação em Two and a Half Men. Mas após 10 temporadas no papel de Jake, o ator teve uma tumultuada saída da série em 2013 após se converter ao Cristianismo e não voltou a ter aparições regulares na TV desde então.

“Se você me perguntasse a alguns anos atrás se eu queria voltar para essa indústria, eu teria dito, ‘Não, de forma alguma’”, disse o ator em entrevista à People.

Em novembro de 2012, quando estava no ar em Two and a Half Men, Jones chegou a declarar publicamente que “você não consegue ser uma pessoa verdadeiramente temente a Deus e estar em um programa de TV como esse”. E mesmo ganhando na época 300 mil dólares por episódio, o ator agora diz que tomou a decisão de deixar a sitcom “muito confiante”, já que, além da religião, “ir para a faculdade era algo que me empolgava muito”.


Sobre a difícil fase pessoal pela qual passou enquanto atuava em Two and a Half Men, ele relembra: “Era como se um apocalipse estivesse acontecendo na minha cabeça. Mas agora estou me divertindo e aproveitando a minha fase atual. Não tenho mais a sensação de que cada passo meu era como pisar em uma mina terrestre”, acrescentou.

Depois de ter entrado para a Universidade do Colorado, Angus T. Jones conta ainda que passou a ter uma “existência normal”. “Eu não era o centro das atenções de todos, e isso era bacana”.

No momento, o ator fez uma pausa na faculdade e está passando o tempo com o irmão de 10 anos de idade, Otto.

Two and a Half Men | Hugh Grant revela por que recusou a série: “Fiquei assustado”

Charlie Sheen: “Eu me arrependo de ter arruinado Two and a Half Men”