Astro de Power Rangers acusado de matar colega com espada alega inocência

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após Ricardo Medina Jr. ser preso em janeiro deste ano, sob a acusação de esfaquear até a morte seu colega de quarto, o astro da série Power Rangers declarou inocência durante audiência no tribunal nesta sexta-feira (30).

Medina alegou não ter matado com uma espada seu colega, Josh Sutter, crime que ocorreu em 31 de janeiro de 2015, mas somente quase um ano depois a procuradoria de Los Angeles decidiu avançar com a acusação contra Medina.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator, mais conhecido por ter interpretado o Ranger Vermelho em Power Rangers Wild Force em 2002, pode pegar de 26 anos à prisão perpétua se for condenado.

Sua próxima audiência acontecerá no dia 20 de outubro.

Ricardo Medina e Hosh Sutter supostamente entraram em uma discussão por causa da namorada de Medina, que então apunhalou Sutter diversas vezes com uma espada após uma violenta discussão que se tornou física.

No entanto, o ex-Power Ranger não chegou a ser acusado pelo crime na época, já que a polícia de Los Angeles precisava de mais tempo para sua investigação.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio