Atriz de Game of Thrones é obrigada pela justiça a retornar com o filho aos Estados Unidos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lena Headey, a Cersei de Game of Thrones, foi obrigada a retornar aos Estados Unidos após matricular o filho Wyllie, de seis anos, em escola na Inglaterra sem a permissão do pai, seu ex-marido.

Atriz de Game of Thrones pode ser processada após “sequestrar” o filho

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O acordo entre Headey e o ex, o músico Peter Loughran, era que Wyllie deveria voltar para os EUA no dia 5 de setembro, após o fim das gravações da série, mas a atriz não quis devolvê-lo, justificando que o sistema educacional do país é uma “porcaria”, preferindo educar o filho na Inglaterra, segundo o TMZ.

Relação de Cersei e Jamie ficará ainda mais estranha, diz Lena Headey

Procurados pela imprensa internacional, os representantes da artista não confirmaram as acusações. Headey e Lougrhan foram casados entre 2007 e 2011, tendo assinado o divórcio em 2013.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio