Norman Brokaw, agente de Marilyn Monroe, morre aos 89 anos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Norman R. Brokaw, um pioneiro no mundo das agências que trabalhou na renomada Agência William Morris morreu aos 89 anos de idade, devida a uma doença crônica, neste sábado (29) em Beverly Hills.

Brokaw surgiu na empresa através da sala de correio, em 1943, e mais tarde representou clientes como Marilyn Monroe, Elvis Presley, Barbara Stanwyck e Clint Eastwood. Ele também é creditado em abrir o caminho para o jovem Bill Cosby, negociando uma série de acordos que levariam a “The Cosby Show”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Como o arquiteto do departamento de televisão do WMA na década de 1950, Brokaw também convenceu uma cética Hollywood a apostar seus negócios na televisão, uma decisão que abriu novos caminhos lucrativos para os seus premiados clientes, como a atriz Loretta Young.

Durante anos, Brokaw comentou que lhe foi oferecido oportunidades para ficar a frente de estúdios de cinema e redes. “Eu sempre disse que não”, disse ele no livro Rensin. “Eu queria ficar no William Morris porque eu respeito e amo a empresa. Eu aprecio o que eles fizeram por mim. Nós somos a empresa mais antiga no negócio e o céu é sempre o limite.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio