Os famosos que ameaçaram deixar os EUA com Trump presidente

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com a eleição de Donald Trump como presidente dos EUA, após uma longa campanha cheia de mensagens preconceituosas e agressivas, será que os americanos vão enfrentar uma onda de emigração para o Canadá?

Os Simpsons | Presidente Trump e mais 10 coisas que a série previu

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

10 vezes que Donald Trump foi atacado e parodiado na TV e na ficção

Esses astros do cinema e da TV prometeram ir embora:

  • Bryan Cranston (Breaking Bad): “Eu com certeza vou me mudar se ele vencer. Eu faria isso num piscar de olhos. Não quero acreditar que isso seja real. Não serão férias, eu vou embora e serei um expatriado”, disse ao The Bestseller Experiment.
  • Lena Dunham (Girls): “Eu sei que muita gente está dizendo isso, mas eu estou falando sério. Sei de um lugar delicioso em Vancouver (Canadá) e posso trabalhar de lá”, disse ao público do Matrix Awards.
  • Ne-Yo (cantor): “Eu e Drake [rapper canadense] vamos ser vizinhos se ele ganhar. A coisa mais triste nesse mundo é que não falta ignorância, as pessoas realmente o apoiam”, comentou ao TMZ.
  • Barbra Streisand: “Eu não sei o que farei. Ele não disse uma única verdade em sua campanha. Eu não consigo acreditar. Ou vou para a Austrália, se eles me aceitarem, ou para o Canadá”, disse a um jornal australiano.
  • Raven-Symoné: “Minha confissão para essa eleição é que se qualquer candidato republicano ganhar, eu vou para o Canadá com a minha família. Já comprei as passagens”, contou ao The View.
  • Josh Gad (Frozen): “Eu queria saber se alguém aqui conhece um corretor de imóveis no Canadá. Boa noite, América. Espero que esteja errado sobre as consequências do que fizemos nesta noite”, tuitou o ator durante a revelação dos resultados da eleição.
  • Chloe Sevigny (American Horror Story): “Vou para a Nova Escócia. É sério”, disse a atriz quando a Vanity Fair lhe perguntou sobre uma presidência de Trump.
  • Keegan-Michael Key: “O Canadá é a 10 minutos de Detroit, que é de onde eu sou. É fácil para mim”, disse o comediante à TMZ.
  • Neve Campbell (Pânico): “Vou voltar para minha cidade, porque sou do Canadá. Estou assustada. Essa perspectiva é assustadora”, disse a atriz ao Huffington Post.
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio