Johnny Depp quer que Amber Heard pague US$ 100 mil em honorários e custos dos advogados

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mais uma batalha judicial do divórcio de Johnny Depp e Amber Heard. De acordo com a Entertainment Tonight, nos novos processos judiciais arquivados pela advogada de Depp, Laura Wasser, no Tribunal Superior de Los Angeles, o ator está pedindo que a corte ordene Heard a pagar US$ 100 mil em honorários e custos dos advogados.

Depp também quer ser autorizado a debitar o valor do seu próximo pagamento de liquidação do divórcio para Heard, caso ela não pague dentro de 10 dias, após a decisão do tribunal.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator já gastou quase US$ 1 milhão em honorários dos advogados e custos com Wasser e seu escritório, segundo os arquivos. Uma audiência judicial sobre esta moção está agendada para 13 de janeiro de 2017.

Além disso, Wasser questionou o comportamento de Heard, alegando que a atriz de 30 anos agiu “erraticamente” e “sem cooperação” em todo o caso. A advogada também disse que o mais recente pedido de decisão de Heard, feito em 13 de dezembro, foi “completamente desnecessário”.

“O impacto da sua perseguição implacável sobre Johnny – o dano que suas alegações falsas causaram a sua reputação pessoal e profissional, o bem-estar emocional dele e de sua família e suas finanças – parece não interessar a Amber”, afirmou Wasser nos arquivos.

De acordo com documentos, o ex-casal já havia assinado um memorando – Deal Point -, descrevendo o que cada um pagaria e as responsabilidades que tinham de manter. Os advogados de Heard alegaram que Depp não seguiu vários pontos listados no acordo.

Johnny Depp está trapaceando para perder menos dinheiro, acusa Amber Heard

Heard e Depp estiveram casados entre 2015 e 2016. Em maio deste ano, os dois anunciaram o término e Heard revelou uma série de fotos expondo seus ferimentos e hematomas em decorrência de agressões domésticas cometidas pelo ator.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio