Ex-empresários abrem processo contra Johnny Depp e revelam gastos exagerados do ator

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O processo movido por Johnny Depp contra seus antigos empresários revelou alguns dos exagerados gastos do ator.

Documentos apresentados pelos empresários nesta terça-feira (31), e obtidos pela Variety, contestam as alegações de Depp de que eles seriam os responsáveis por suas perdas milionárias. Mas de acordo com páginas do novo processo, agora aberto pelo ex-empresários contra o próprio astro, ele gastou do próprio bolso US$ milhões para explodir as cinzas de Hunter Thompson de um canhão, US$ 18 milhões em um iate de 15 metros, e US$ 4 milhões em uma gravadora falida.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além disso, Johnny Depp atualmente gasta por mês US$ 30 mil com vinhos, US$ 200 mil com aviões particulares, US$ 150 mil com segurança 24 horas por dia, e US$ 300 mil para manter uma equipe de 40 pessoas.

Ainda segundo os ex-empresários, todas essas despesas que levaram Johnny Depp “à beira da ruína financeira”.

Depp está pedindo ao menos 25 milhões de dólares de compensação, pois ele alega que teve que vender inúmeros ativos para cobrir as perdas. O processo, aberto em 13 de janeiro, inclui 11 ações, com acusações que vão desde conduta profissional negligente, fraude até a enriquecimento ilícito.

O processo está correndo na corte de Los Angeles e, por enquanto, os bens de Johnny Depp estão com uma ordem de restrição, para evitar vendas e mais perdas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio