Filha de Michael Jackson confirma tentativas de suicídio e revela ter sido abusada aos 14 anos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Paris Jackson, a filha de 18 anos do cantor Michael Jackson, fez revelações surpreendentes em entrevista à revista americana Rolling Stone, abordando temas polêmicas como suicídio, drogas e abuso sexual.

Questionada sobre a tentativa de suicídio aos 15 anos, ela declara: “Foi apenas uma vez que isso se tornou público”, indicando que tentou tirar a própria vida em outras ocasiões. “Tinha ódio de mim mesma, baixa auto-estima, pensava que eu não poderia fazer nada direito, não achava que eu era digna de viver mais”, desabafou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Paris continua o assunto, creditando parte de sua depressão a “um monte de pessoas mais velhas fazendo um monte de coisas loucas”.

“Eu fazia várias coisas que pessoas de 13, 14, 15 anos não deveriam fazer”, relembra. “Eu tentei crescer muito rápido, e eu não era realmente uma pessoa tão agradável”.

A filha do rei do pop também revela ter sido abusada sexualmente por um estranho aos 14 anos: “Eu não quero dar muitos detalhes. Mas não foi uma boa experiência, e foi muito difícil para mim e, na época, eu não contei a ninguém”.

Eventualmente, Paris Jackson terminou o ensino médio em uma escola terapêutica em Utah, que ela diz que a transformou em uma “pessoa completamente diferente.” A adolescente também admite que, assim como ela, seu pai lutou contra a depressão e que para os dois eram prescritos os mesmos antidepressivos.

Paris conta que já não está mais sob qualquer medicação psicológica, e que agora está sóbria. Ela confessa ainda que algumas de suas múltiplas tatuagens foram feitas para cobrir marcas do seu abuso de drogas.

“Eu era louca, eu estava realmente louca”, admite. “Eu passei por muita coisa, por muita angústia na adolescência. Também estava lidando com minha depressão e minha ansiedade sem qualquer ajuda”.

Sobre o pai famoso, Jackson desmentiu as especulações de que Michael Jackson não seria seu pai biológico e diz ainda que compartilha semelhanças com ele. “Ele é o meu pai. Ele sempre será o meu pai. As pessoas que o conheciam muito bem dizem que o vêem em mim, o que é quase assustador”, finaliza.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio