Madonna será investigada pelo Serviço Secreto após dizer que “queria explodir a Casa Branca”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Serviço Secreto ficou em alerta após a cantora Madonna dizer que pensou em explodir a Casa Branca durante seu discurso no protesto contra o novo presidente americano, Donald Trump.

As declarações da artista chamaram a atenção dos responsáveis pela segurança do presidente e seu vice, segundo o Gateway Pundit, site conservador que apoia Trump. Apesar de já existir um investigação em aberto contra ela, o site ressalta que vai depender da Procuradoria do Governo a decisão de processar ou não a cantora.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No entanto, em seu discurso, Madonna diz que explodir a Casa Branca não mudaria nada, e acrescentou mensagens positivas e de amor:

“Não podemos cair em desespero. Como disse o poeta W.H. Auden às vésperas da Segunda Guerra Mundial: ‘Nós devemos amar uns aos outros ou morrer’. Eu escolho o amor. Vocês estão comigo?”, pergunta ela, aplaudida por mais de 500 mil pessoas no protesto.

Dias antes do protesto na Marcha das Mulheres, a cantora compartilhou em suas redes sociais uma imagem onde ela é a Estátua da Liberdade, Trump o King Kong, e Superman o resgate. “Precisamos de um Super-Homem (ou Mulher) para o nosso resgate”, diz ela na legenda.

Madonna
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio