Astro de Capitão América, Chris Evans discute com líder da Ku Klux Klan em rede social

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Chris Evans, o Capitão América nos filmes da Marvel, trocou farpas no Twitter com David Duke, líder do movimento supremacista branco Ku Klux Klan. O motivo da discussão foi política.

Tudo começou quando o ator questionou a escolha de Jeff Sessions, conhecido por ter uma posição radical contra imigrantes e refugiados, como novo procurador-geral dos EUA, escolha que foi elogiada por Duke.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Se David Duke…DAVID!…DUKE…acredita que você está certo, você sem dúvidas está errado. A escolha de Jeff Sessions vai além do explicável”, desabafou Evans no microblog.

Duke, atualmente deputado, rebateu Evans: “Um típico ator idiota – se tudo o que digo é errado, então quando digo que sou contra as guerras sionistas você deve ser a favor delas, correto Capitão América?”.

O ator da Marvel então devolveu: “Bem, se essas besteiras de intolerância são alguns de seus pensamentos, então reitero a minha mensagem. Não podemos deixar o ódio falar mais alto”, escreveu Chris Evans, anexando ao post um link com vários comentários racistas de Duke.

Há poucos dias, a filha do criador de Capitão América, Joe Simon, pediu para os fãs do herói separarem a opinião do ator da ideologia do personagem e não misturar realidade com ficção.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio